Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Janeiro |
São Vicente Pallotti
home iconAtualidade
line break icon

Os Beatles foram mais populares que Jesus?

© DR

Ciudad Nueva - publicado em 09/03/15

Uma reflexão sobre a polêmica frase de John Lennon

Em 4 de março de 1966, John Lennon afirmou que os Beatles eram mais populares que Jesus. Foi um polêmico comentário feito ao jornal inglês London Evening Standard.

John foi além, porque afirmou que o cristianismo estava em decadência e que os Beatles haviam se tornado mais populares que Jesus Cristo.

Quando a revista estadunidense Datebook citou a frase de Lennon, em agosto de 1966, surgiram vários protestos no sudeste dos Estados Unidos.

Discos dos Beatles foram proibidos em várias emissoras de rádio e queimados publicamente. Diversas coletivas de imprensa foram canceladas e houve até ameaças.

A polêmica coincidiu com uma turnê do grupo pelos Estados Unidos, e tanto Lennon como Brian Epstein, manager da banda, tentaram acalmar o conflito com uma série de comunicados à imprensa. Alguns eventos da turnê sofreram interrupções e intimidações, incluindo um protesto do Ku Klux Klan.

Este episódio marcaria o desinteresse dos Beatles por oferecer espetáculos ao vivo, e a turnê pelos EUA foi a última, porque depois dela eles se tornaram exclusivamente uma banda de estúdio.

No entanto, resgato o olhar do jornal vaticano, L’Osservatore Romano, órgão que publicou esta evocação em abril de 2010, 40 anos após a separação definitiva dos Beatles, no qual prevalece um olhar artístico e nulo de rancor pela infeliz declaração:

"É verdade que eles tomaram drogas, viveram uma vida de excessos por causa do seu sucesso, e até disseram que eram mais famosos do que Jesus. Eles podem não ter sido o melhor exemplo da juventude da época, mas não eram, de maneira nenhuma, o pior. No entanto, ao ouvir suas canções, tudo isso parece distante e insignificante."

E acrescenta: "Quarenta anos após a turbulenta dissolução dos Beatles (oficializada em 10 de abril de 1970, mas ocorrida de fato no ano anterior), ao término da gravação de Abbey Road, permanecem como joias preciosas suas belíssimas melodias, que transformaram para sempre a música e continuam despertando emoções".

O amor e a música são mais fortes.

Tags:
EntretenimentoMúsica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
2
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
3
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
4
Aleteia Brasil
O testemunho de São Sebastião, o soldado mártir do Império Romano
5
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
6
Pope Audience Wednesday
Vatican News
A importância de ir à Missa aos domingo, segundo o Papa Francisco
7
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia