Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 02 Março |
Santa Inês de Boêmia
home iconEstilo de vida
line break icon

Sim, é real: alunos que falam em latim, vivem em harmonia e recebem educação humanística clássica – e gratuita

Accademia Vivarium Novum

Aleteia Vaticano - publicado em 28/04/15

Conheça a Vivarium Novum e sua proposta de formação integral inspirada nos ideais do humanismo

É bastante notável que os programas de educação em vigor atualmente não estão conseguindo formar nem a quantidade necessária de profissionais altamente qualificados nem cidadãos plenamente comprometidos em transformar a sociedade numa verdadeira família humana.

Entre as causas da deficiente formação dos nossos jovens, é cada vez mais clamorosa a grande lacuna deixada pelo descuido da formação humanística. Os alunos, em geral, não são incentivados a esculpir em si próprios o ideal da pessoa integral, mas, em muitos casos, apenas a cumprir a formalidade de passar pela escola, obter um certificado de papel cada vez menos significativo e chegar a um mercado de trabalho que reduz ainda mais a pessoa a uma simples executora de funções dissociadas do “resto da vida real”.

Neste contexto de desumanização, há iniciativas que vão firmes contra a corrente. É o caso, entre outros, da Academia Vivarium Novum, fundada em 1991, na Itália, com a proposta de ajudar jovens talentosos do mundo inteiro a conquistar uma sólida formação cultural que corrobore neles os valores da humanitas e da dignitas hominis. Os alunos da academia têm a oportunidade de aprender latim e grego antigo, as línguas clássicas da cultura ocidental, a fim de dialogar, sob a orientação de professores experientes, com os grandes escritores da nossa história sobre os grandes problemas que até hoje afligem a humanidade.

A Vivarium Novum retoma a grande tradição das escolas humanísticas, o seu método de ensino e de formação e a visão de mundo livre e crítica que essa educação consegue desenvolver. Como fundamento, a instituição assume a ideia da dignitas hominis, a ser conquistada através do contínuo trabalho de domínio de si próprio, voltado a libertar das baixas paixões e a tornar o formando cada vez mais senhor da genuína humanitas. Os fundadores da academia têm a convicção de que tal refinamento do indivíduo e de toda a sociedade humana não pode acontecer sem o diálogo fecundo com quem nos precedeu nesta breve estação terrena; grandes homens cujas vozes ainda estão presentes e vivas nas obras e no pensamento que eles legaram.

Em vez de um humanismo genérico e nebuloso, a academia propõe aos seus alunos, primordialmente, um acesso real ao imenso patrimônio dos textos clássicos, medievais, humanísticos e pós-humanísticos transmitido nas línguas que são o fundamento e o veículo da cultura ocidental. Os alunos da Vivarium Novum se dedicam de modo intenso e sério, portanto, ao sólido aprendizado do latim e do grego, aprendendo a dominá-los como uma segunda ou terceira língua própria. É assim, no parecer da academia, que eles podem penetrar nas cortes dos antigos homens e combinar o particular com o universal, a sublime utopia do espírito com o honesto desencanto de quem sabe unir res e verba e jamais separar a scientia litterarum da experientia rerum.

Durante o ano, os estudantes analisam e discutem milhares de páginas de autores clássicos, cristãos, da idade medieval, do renascimento, penetrando na obra dos grandes para refletir de maneira profunda sobre os maiores desafios que o mundo atual apresenta ao indivíduo e à coletividade. O clássico e o humanístico, porém, não são uma norma a cujo ditame conformar-se, nem um modelo a imitar de modo servil; a proposta é que o aluno torne próprio o debate dos maiores e o transforme num germe que floresça em formas sempre novas, capazes de responder às exigências que os tempos e a história nos propõem.

OS CURSOS

As aulas, que vão de segunda a sábado, começam na primeira quinzena de outubro e terminam no final de junho do ano seguinte. Os estudantes ainda aprendem fora das aulas, graças às conversas cotidianas com os companheiros e professores: toda comunicação na academia deve ser em latim ou, ocasionalmente, em grego antigo. O hábito de falar em latim aumenta e melhora o aprendizado e permite aos alunos aceder rapidamente aos textos literários originais. Os aspirantes devem ter, portanto, um conhecimento básico da gramática, da sintaxe e do léxico latino, podendo comunicar, com palavras e frases simples e claras, os seus pontos de vista sobre os temas discutidos.

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
EducaçãoVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
3
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
6
Kathleen N. Hattrup
O homem que beijou a testa do Papa diz que se curou em Lourdes
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia