Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 25 Julho |
Santa Glodesinda
home iconEstilo de vida
line break icon

As palavras nossas de cada dia

White letters isolated on white background © Andrea Crisante / Shutterstock

Prof. Felipe Aquino - publicado em 02/06/15

Confira um "mostruário de palavras amáveis" para todas as ocasiões

Vamos começar esta meditação com duas frases da Bíblia. Uma é do Antigo Testamento, do livro dos Provérbios: “Os lábios do homem bom dão alimento a muitos corações” (Pr 10,21). A outra, do Novo, é um conselho de São Paulo aos colossenses: “Que as vossas conversas sejam sempre amáveis, temperadas com sal, e sabei responder a cada um oportunamente” (Cl 4,6).

Todos os dias dizemos palavras, mais ou menos. Todos os dias nos comunicamos, pelo menos um pouco, com outros. Que lhes trazem as nossas conversas? Meu ou fel?

Estamos meditando sobre “tornar a vida amável”. Vamos pensar aqui no que fazer para que as nossas palavras levem ao próximo mais mel do que fel, e correspondam ao que diz o livro dos Provérbios: As palavras agradáveis são como um favo de mel, doçura para a alma (Pr 16,24).

Vejamos vários tipos de “boas palavras”, que transmitem vida, ajuda e alegria aos demais.

Mostruário de palavras amáveis

Palavras de interesse

As nossas palavras sempre mostram o coração. Como dizia Jesus, a boca fala daquilo de que o coração está cheio (Lc 6,45). Se valorizamos os outros, se – como cristãos que desejam viver de amor – queremos bem aos demais, isso vai se notar:

– no modo de cumprimentá-los, não formal, nem com um sorriso forçado, mas com olhar e gestos afetuosos e interessados;

– no que lhes perguntamos, pois isso manifesta que as coisas deles nos interessam: família, trabalho, saúde…;

– no respeito com que ouvimos atentamente as suas opiniões, mesmo que divirjam das nossas;

– no acompanhamento frequente de situações difíceis e dolorosas, manifestando interesse sobre o modo como evoluem, e oferecendo orações e o auxílio cabível.

Palavras de afeto

Palavras afetuosas ditas sem exagero, com naturalidade sincera, sem gestos exagerados e com substância do amor. Sempre lembrarei as lágrimas de uma mulher que sentiu seu coração partir-se no dia em que o marido, após muitos anos, começou a cumprimenta-la friamente, sem o diminutivo carinhoso que antes lhe era habitual.

Convença-se de que não há nenhuma situação agradável ou constrangedora, em que não possamos fazer surgir do bom tesouro do coração (Lc 6,45) uma palavra afável, confortadora e construtiva.

Palavras de desculpa

Pode haver carinho mais autentico do que pedir perdão com uma sinceridade tocante? Na vida, não só a educação, mas o coração, deveria mover-nos a pedir desculpas – sem comédias nem dramas – por cada um dos nossos erros, esquecimentos e indelicadezas. “Desculpe, por favor, esqueci”, “Falei o que não devia”, “Sinto muito”, “Foi erro meu”, etc.

Palavras de estímulo

Que falta nos fazem! Muitas pessoas que se querem bem não percebem quando um filho, o marido ou a mulher, um colega, um empregado, precisam de uma palavra de ânimo, de incentivo. Não uma frase feita, mas um verdadeiro estímulo que, se vier do coração, chegará ao outro coração.

Imagine como deve ter reagido a mulher adúltera, já a ponto de ser apedrejada – porque diziam: Moisés mandou na lei apedrejar tais mulheres (Jo 8,5) -, quando Jesus após afugentar, envergonhados, os que tinham as pedras nas mãos, disse-lhes, olhando-a com confiança: Eu não te condeno. Vai e não tornes a pecar (Jo 8,11), confio em que de agora em diante viverás honestamente!

E Zaqueu? Aquele publicano pouco honesto, desprezado, que inesperadamente vê Jesus que se dirige a ele, ao avistá-lo encarapitado num sicômoro, espécie de figueira, e lhe diz (para escândalo dos “fariseus”): Zaqueu, desce depressa, porque é preciso que eu fique hoje em tua casa (Lc 19,5). Essa confiança de Jesus fez Zaqueu converter-se e mudar de vida.

Palavras de gratidão

A pessoa que recebe reconhecimento, gratidão, fica bem disposta, e é mais fácil que nela despertem desejos de ser melhor.

  • 1
  • 2
Tags:
Valores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
7
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia