Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 18 Setembro |
São José de Cupertino
home iconAtualidade
line break icon

Charlie Hebdo: 12 mortes e 12 meses depois, eles ainda afirmam que Deus é o culpado

Aleteia Brasil - publicado em 04/01/16

Diretor da revista satírica francesa: "As convicções dos ateus e dos laicos podem mover mais montanhas do que a fé dos crentes"

A polêmica revista satírica francesa Charlie Hebdo chega às bancas nesta quarta-feira com uma edição especial em memória do atentado terrorista sofrido em 7 de janeiro do ano passado, evento em que doze profissionais da publicação foram mortos por radicais assassinos ligados ao Estado Islâmico. O ataque, segundo seus perpetradores, foi causado pelo deboche constante com que a revista trata a religião amparando-se num conceito bastante “generoso” de “liberdade de expressão” – conceito semelhante ao alegado pelos racistas para tentar justificar o seu racismo.

Passado um ano da tragédia, a “memória” proposta pela revista consiste em trazer na capa a manchete “1 ano depois, o assassino ainda corre”. O assassino em questão é Deus, que aparece desenhado barbudo, munido de um fuzil e com a roupa ensanguentada.

O cartunista Riss, atual diretor do semanário e sobrevivente do ataque de 7 de janeiro de 2015, adiciona a esta edição “especial” uma defesa inflamada da laicidade, ao mesmo tempo em que aponta o seu dedo acusador indistintamente aos “fanáticos alienados pelo alcorão” e aos “devotos de outras religiões” que queriam a morte da publicação por “ousar rir do religioso“.

E, ainda deixando as portas abertas à interpretação pobre de que “crente é tudo igual”, arremata: “As convicções dos ateus e dos laicos podem mover mais montanhas do que a fé dos crentes“.

Talvez fosse o caso, Riss, de você “fazer memória” dessa tragédia abominável perguntando a si próprio até que ponto aquilo que você entende por “fé”, “crentes”, “religião”, “fanatismo”, “alienação”, “ousadia” e “laicidade” corresponde ao que esses termos realmente podem significar.

Perguntar-se isto, porém, exige apontar o dedo para TODO tipo de fanatismo e desejo da morte alheia – não só para o dos supostos “crentes”.

Tags:
LaicismoPecadoPerseguiçãoReligiãoTerrorismo

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
7
tentativa suicídio depoimento
Reportagem local
EM IMAGENS: A cara da depressão profunda e do suicídio é não ter ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia