Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

“Risen”: Joseph Fiennes lança o filme religioso do ano

Aleteia Brasil - publicado em 12/02/16

Convincente, novo filme estabelece equilíbrio entre criação artística e Evangelho, ao retratar a Ressurreição

Os crentes e não crentes serão cativados pela “articulação da pura criação e do cinema com as Escrituras e a narrativa da Bíblia”. É o que diz o ator principal de Risen, um novo filme que retrata os primeiros 40 dias após a Ressurreição de Jesus Cristo.

Joseph Fiennes interpreta Clavius, um ambicioso, mas instável oficial romano, ordenado por Pôncio Pilatos para localizar o corpo desaparecido de Yeshua (Jesus de Nazaré), a fim de acabar com uma revolta iminente em Jerusalém. O impacto de Clavius sobre os apóstolos, e deles sobre ele, conduz a uma reflexão criativa sobre o drama, focalizado imediatamente após a morte de Cristo.

Dirigido por Kevin Reynolds, Risen também é estrelado por Tom Felton, Peter Firth e Cliff Curtis. O filme estreia nos cinemas em todo o mundo a 19 de fevereiro de 2016.

“O sucesso deste filme irá acontecer se qualquer pessoa, de qualquer crença religiosa ou nenhuma crença, puder se sentar e compartilhar o espaço juntos e desfrutar da tela de cinema”, disse Fiennes para Aleteia antes de uma exibição privada no Vaticano.

Britânico, ator de cinema e teatro, Fiennes é mais conhecido por sua representação de William Shakespeare em Shakespeare in Love (1998). Ele também interpretou Sir Robert Dudley em Elizabeth (1998) e Commisar Danilov em Enemy at the Gates (2001).

Em agosto de 2009, Fiennes se casou com María Dolores Diéguez, uma modelo suíça, em uma cerimônia católica na Toscana. O casal tem duas filhas.

Diretor e escritor italiano, Manuel de Teffé, que ajudou a Aleteia na organização da premiere em Roma, explicou o que mais o impressionou sobre o filme.

“Quando a Sony Pictures me enviou o link para assistir ao filme [inacabado], fiquei impressionado, como um romano, por duas coisas: primeiro, a sequência de abertura que apresenta uma excelente reconstrução de uma cena militar romana e o Testuggine romana. Segundo, fiquei impressionado com a cena da pesca perto do final do filme, que realmente é uma pequena obra-prima em termos de tempo, atuação, edição e fotografia”, disse Teffé.

Teffé elogiou em Risen sua representação de estilo militar romano, ao qual Fiennes brincou: “eu fiquei maravilhado com a forma como os romanos conquistaram o mundo de sandálias”.

Nesta entrevista, o ator britânico também fala sobre a presença de Maria, a Mãe de Jesus, no filme Risen; do encontro de sua família com o Papa Francisco na manhã de nossa entrevista; e da conexão de sua família com a Igreja Católica.

Tags:
Cinema
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia