Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Julho |
Santo Inácio de Loyola
home iconAtualidade
line break icon

Estados Unidos reforçam domínio no mercado de armamentos (SIPRI)

Agências de Notícias - publicado em 22/02/16

Os grupos americanos reforçaram nos últimos anos sua primazia no setor de armamentos diante da Rússia e da China, enquanto a Europa perde velocidade, indica o Instituto de Pesquisas da Paz Internacional (SIPRI), em um informe que será publicado na segunda-feira em Estocolmo.

As cifras deste centro de pesquisas abrangem um período de cinco anos (2011-2015) e revelam fortes tendências. Demonstram que o volume do comércio mundial de armamento aumentou de forma constante desde 2001, após ter estado em declínio durante 20 anos.

No que diz respeito a encomendas, “os Estados Unidos continuam liderando amplamente” a lista, destacou o SIPRI no comunicado. Sua cota do mercado aumentou para 33%, com relação a 29% em 2006-2010.

Os fabricantes norte-americanos têm a clientela mais diversificada.

“Os Estados Unidos venderam ou deram grandes armas a 96 Estados nestes últimos cinco anos”, destacou Aude Fleurant, diretora do programa para Armamentos e Gastos militares.

“A indústria da Defesa americana está preparando grandes encomendas para a exportação, entre eles 611 aviões de combate F-35 para nove países”, acrescentou.

Atrás dos Estados Unidos, a Rússia também fez avanços, com 25% das exportações mundiais. Sua tendência, no entanto, foi pior em 2014 e 2015, quando os ocidentais decidiram sancionar Moscou por seu papel no conflito no leste ucraniano.

A China, que em 2010-2014 se tornou o terceiro exportador mundial, superando Alemanha e França, se consolida nesta posição, com 5,9% da cota de mercado. Os produtos de sua indústria de Defesa, cada vez mais prestigiosa, são comprados, sobretudo, por países asiáticos (Paquistão, Bangladesh e Mianmar, entre outros).

Os produtos europeus perdem terreno. Nos últimos cinco anos, a França (5,6%) viu suas exportações diminuírem um décimo com relação aos cinco anos anteriores. As exportações da Alemanha (4,7%) se dividem em dois.

As encomendas de parte de seus parceiros europeus diminuem (-41% ) devido a cortes orçamentários nos exércitos.

Quanto às importações, a Índia é, de longe, o principal cliente (14%). Compra o dobro de armas estrangeiras que o país que a segue – a Arábia Saudita – e o triplo da China.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
3
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia