Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 11 Abril |
São Miguel de los Santos
home iconAtualidade
line break icon

Mais uma vez intacta: telhado de capela desaba e imagem de Nossa Senhora não cai

ACI Digital - publicado em 04/03/16

Tudo desabou, mas a imagem de Nossa Senhora continuou firme

No mesmo dia em que uma imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada intacta após um incêndio em Dracena (SP), em outra cidade do interior paulista, os moradores também ficaram impressionados com um incidente do qual apenas a estátua da padroeira do Brasil saiu ilesa.

O fato aconteceu em Assis (SP), onde o telhado da Capela do Centro Comunitário Santa Edwiges desabou na segunda-feira, 22. No meio de telhas e estruturas de ferro que destruíram o espaço, sobressaiu a imagem da Virgem Aparecida, a qual permaneceu erguida no altar sem sofrer qualquer dano pelo incidente.

Conforme o zelador do Centro Comunitário, Silvério Gandolfo Neto, contou ao site G1, as demais imagens que estavam no local quebraram e a única que resistiu foi a de Nossa Senhora Aparecida.

“Emociona porque a gente é católico e tem fé”, expressou o zelador.

A capela recebe Missas aos domingos e encontros de Catequese aos sábados. A última Missa aconteceu no dia 21 e no momento do desabamento não havia ninguém no local o que, para os moradores, também foi um milagre, pois evitou que houvesse vítimas.

O espaço que tem capacidade para 500 pessoas foi construído há 15 anos com a colaboração da comunidade. Silvério Gandolfo relembrou que no princípio iam de casa em casa pedindo doações, eram realizadas festas, tudo para arrecadar os recursos para a construção. “Foi uma luta para fazer esse barracão, essa igreja”, disse.

O ocorrido, porém, não desanimou a população que novamente pela fé se unirá para reerguer o templo. “Nós não adoramos imagem, mas nós sabemos que Nossa Senhora, Mãe de Jesus, está com a gente nessa luta”, afirmou a aposentada Florinda Gandolfo ao portal de notícias.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o desabamento do telhado pode ter sido causado por conta de um abalo na estrutura do local, causado pela umidade das chuvas.

O subtenente Antônio Carlos explicou que teria ocorrido uma movimentação do terreno por causa do alto volume de chuvas, o que levou as vigas e colunas do prédio a cederem, levando ao desmoronamento.

(via ACIdigital)

Tags:
Maria
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia