Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 23 Maio |
São Desidério
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Bergoglio, Quarracino e Laghi: entre história e sugestões

wktnqdeo2zzmswbd_1iqlzwgrakua92rrxoa1xrmjmhilavdpzbyv6grroiaw_nzr410e6z_p-spjg8pupzikyrwbsz6.jpg

Juan Mabromata

Vatican Insider - publicado em 15/04/16

Bergoglio e Laghi

Dom Laghi foi núncio em Buenos Aires de março de 1974 a dezembro de 1980. Naqueles anos, Jorge Mario Bergoglio foi provincial dos jesuítas da Argentina. Foi eleito no dia 31 de julho de 1973 e concluiu o seu compromisso em 1979.

A partir de inúmeras fontes e análises, fica claro que o provincial Bergoglio se relacionou o núncio Laghi, relações ligadas ao menos a duas questões: por um lado, assuntos humanitários de jesuítas envolvidos na rede repressiva dos militares, que não alimentavam nenhuma simpatia ou deferência pela Companhia de Jesus, e, depois, a crise que, naqueles anos, atingia seriamente os seguidores de Santo Inácio.

Sobre essas relações, por enquanto, não se encontram testemunhos diretos ou documentos. Na imprensa argentina, ocasionalmente, alguns falavam de “relações difíceis”, enquanto outros escreviam o contrário. Sobre o caso, encontram-se informações nos livros biográficos de mais autoridade sobre o padre Bergoglio, e não existem posicionamentos públicos do futuro papa sobre a figura do núncio Pio Laghi.

O que se encontra diz respeito, em vez disso, ao núncio anterior, Dom Ubaldo Calabresi, sobre o qual Bergoglio fala com Sergio Rubin e Francesca Ambrogetti: “(Calabresi) me chamava para pedir informações sobre sacerdotes que talvez fossem candidatos ao episcopado. Um dia, ele me chamou e me disse que queria me encontrar, mas, desta vez, para uma questão pessoal”.

Por motivos logísticos, os dois se encontraram no aeroporto de Córdoba, e Bergoglio lembra: “Falamos no dia 13 de maio de 1992. Ele fez uma série de perguntas sobre questões comprometedoras e só quando ele estava prestes a tomar o avião que o levaria de volta para Buenos Aires ele me disse: ‘Ah, uma última coisa: você foi nomeado bispo auxiliar de Buenos Aires, e a sua nomeação será publicada no dia 20…’ Eu fiquei petrificado”.

Nesse ponto, concluindo a nossa sugestão retrospectiva, pode-se dizer que o elo de conjunção entre Pio Laghi e Jorge Mario Bergoglio é, obviamente, Dom Quarracino. Este se tornou arcebispo de Buenos Aires também porque o núncio Laghi sustentou o seu percurso rumo à experiência do Celam, que seria determinante para a sua relação com João Paulo II e, portanto, para a sua nomeação como primaz argentino e ordinário de Buenos Aires.

Se isso não tivesse acontecido, parece evidente que Jorge Mario Bergoglio jamais teria sido sucessor do cardeal Antonio Quarracino.

Notas:

1. Declarações recolhidas no livro Aquel Francisco (Raíz de Dos), de Javier Cámara e Sebastián Pfaffen. “Os meus anos em Córdoba determinaram, de alguma maneira, uma solidez espiritual. Porque eu fui como noviço, primeiro, e, depois, esses dois anos que eu estive ali sendo padre, entre 1990 e 1992, que foram como uma noite, com alguma escuridão interior, também permitiram que eu fizesse o meu trabalho apostólico que me ajudou a me consolidar como pastor”.

2. O arcebispo Jorge Mario Bergoglio foi criado cardeal também por João Paulo II no consistório de 21 de fevereiro de 2001.

(Vatican Insider)

(IHU)

  • 1
  • 2
Tags:
HistóriaPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia