Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 18 Setembro |
São José de Cupertino
home iconCultura e Viagem
line break icon

Um restaurante italiano pelo qual vale ir para a cadeia

Daniel R. Esparza - publicado em 06/05/16

InGalera procura devolver a dignidade da população carcerária

Para conseguir um emprego neste restaurante, quer como garçom ou ajudante de cozinha, tem que atender um requisito indispensável: ser um dos 1.100 detentos que cumprem pena na prisão de Bollate, uma prisão modelo de Milão, onde, desde outubro do ano passado, funciona InGalera, “o restaurante de uma prisão com mais estrelas na Itália”, como indica seu slogan promocional.

O chef Ivan Manzo, um dos coordenadores do projeto

Ivan Manzo, o chef do restaurante, junto com Silvia Polleri, a presidente da cooperativa que dirige o projeto, explicam as razões que motivaram a abertura do InGalera: “nosso desejo é que (os condenados) retornem à sociedade com a dignidade que quem respeita as regras. As recaídas no crime diminuem quando a prisão favorece formação profissional e ocupação de trabalho real”. De fato, os funcionários do InGalera ganham entre 800 e 1.000 euros por mês com os quais, de acordo com seus próprios testemunhos, não somente melhoram suas condições de vida imediata, mas também conseguem ajudar suas famílias, até mesmo pagar passagens para irem visitá-los.

De acordo com os números da prisão Bollate, menos de 20% de seus ex-detentos voltam ao crime

O restaurante também tem um valor adicional: não somente permite que os condenados tenham um emprego decente que os capacita a conseguir emprego quanto retornarem à sociedade, além de ter contato diário com os clientes que visitam a prisão, também permite aos clientes que frequentam o InGalera superar os preconceitos pela população carcerária.

Tags:
Valores

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
7
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia