Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Atualidade

Um policial negro entre as vítimas do atirador de Baton Rouge

Agências de Notícias - publicado em 19/07/16

Um ex-marine americano veterano do Iraque matou no domingo três policiais em Baton Rouge, Louisiana, incluindo um oficial negro, pai de um filho pequeno.

O presidente Barack Obama condenou o “ato covarde” e exigiu o fim dos ataques contra agentes da lei.

Estes são os policiais que foram mortos:

– Montrell Jackson, 32 anos -Montrell Jackson, de 32 anos, policial negro e veterano de dez anos no departamento de Polícia da cidade. Era casado e tinha um filho de quatro meses.

Em 8 de julho, no dia seguintes aos ataques contra os policiais em Dallas, nos quais um afro-americano matou cinco agentes e deixou vários feridos, Jackson escreveu no Facebook que os eventos o haviam deixado esgotado física e emocionalmente.

“Juro por Deus que amo esta cidade, mas gostaria de saber se esta cidade me ama”, escreveu Jackson.

“Com uniforme recebo desagradáveis olhares de ódio e, sem uniforme, algumas pessoas me consideram uma ameaça… Por favor, não deixem que o ódio infecte seu coração. Esta cidade DEVE SER e SERÁ melhor”.

Jackson sofreu lesões e recebeu tratamento por inalação de fumaça em 2007, depois que entrou em um prédio em chamas em uma tentativa fracassada de salvar um menino pequeno, segundo jornal local The Advocate.

– Brad Garafola, 45 anos -Brad Garafola era agente do escritório do xerife do distrito de East Baton Rouge. Trabalhou no turno da noite e estava se preparando para sair de férias na segunda-feira.

Com 45 anos, tinha quatro filhos, dois homens e duas mulheres, entre 7 e 21 anos.

“Era um grande sujeito. Não apenas um grande defensor da lei, era um grande marido e um grande pai”, declarou a esposa Tonja Garafola a The Advocate. “Não merecia isso. Ele sempre ajudava a todos”.

– Matthew Gerald, 41 años -Matthew Gerald era um veterano do Exército que foi chefe da tripulação de um helicóptero que realizou várias missões no Iraque.

Com 41 anos, entrou para o departamento de Polícia da cidade em outubro passado.

“Ele era um homem bom”, declarou sua vizinha Stephanie Morgan, que o conhecia desde 2009. “Você não vai encontrar ninguém melhor”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia