Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Evento brasileiro lota praça em Cracóvia durante a JMJ

Compartilhar

 

Um dia “multicultural”. Assim podemos definir o primeiro dia do Festival Halleluya, em Cracóvia nesta quarta-feira (27). O dia começou com o samba do Alto Louvor, seguiu com o som oriental da banda indiana Rex Band, depois o palco foi invadido pela irreverencia dos irmãos franceses da banda Hopen e, por fim, abriu espaço para que o grupo missionário Shalom encerrasse esse dia de festa e gerasse a expectativa para o próximo dia de festival, afinal, o lema do Halleluya é justamente este: “A festa que nunca acaba”.

O cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, que fez a abertura do festival, definiu esse evento musical como um momento muito importante durante as jornada mundiais da juventude.

“Quando estive à frente da JMJ do Rio de Janeiro quis que o Halelluya fizesse parte da programação da jornada. Estou muito feliz porque permitiram que ele se realizasse também em Cracóvia”, ressaltou.

Como a festa não acaba, nesta quinta-feira (28), o festival continua com shows das 14h às 22h da noite, na praça Szczepański, no centro de Cracóvia.  Amanhã, a banda austríaca Cardiac Move será uma das atrações principais e promete conquistar os peregrinos que passarão pelo local. 

Para mais inf0rmações sobre a programação, acesse o site: http://www.halleluyakrakow.com/

Mirticeli Dias, direto de Cracóvia.