Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconAtualidade
line break icon

Líder do EI no Afeganistão e no Paquistão é morto em ataque americano

<p>Forças de segurança afegãs vigiam a entrada do Hotel Heetal, em Cabul</p>

Agências de Notícias - publicado em 13/08/16

O líder do grupo Estado Islâmico no Afeganistão e no Paquistão foi morto em um ataque dos Estados Unidos na fronteira entre os dois países, informou nesta sexta-feira o Pentágono.

A morte de Hafez Said é um sério revés para o grupo extremista que tenta se implantar de forma permanente no Paquistão e no Afeganistão.

Segundo o porta-voz do Pentágono Gordon Trowbridge, o líder jihadista foi morto durante operação conjunta das forças especiais americanas e afegãs no sul da província de Nangarhar.

“As forças americanas conduziram um ataque contra Hafez Said (…) no distrito de Achin, em Nangarhar, no dia 26 de julho, o que provocou sua morte”.

Este chefe do EI “era conhecido por ter participado diretamente de ataques contra as forças americanas e da coalizão, e de atividades que aterrorizavam os afegãos, particularmente em Nangarhar”, declarou Trowbridge.

Este ataque ocorre menos de seis meses depois de outro que matou Abdul Rauf Khadim, que se acreditava ser o número dois do EI no país.

As autoridades afegãs haviam anunciado equivocadamente a morte de Said em julho de 2015 em um ataque com drone americano na província afegã de Nangarhar, perto da fronteira paquistanesa.

Hafiz Said foi nomeado no início do ano passado para dirigir a “Província de Khorasan”, que inclui o Afeganistão, Paquistão e alguns territórios em países vizinhos, quando um grupo de talibãs paquistaneses prometeram lealdade ao EI.

Desde então, muitos talibãs afegãos desertaram e alguns aparentemente adotaram a bandeira do EI para passar a imagem de uma força mais mortal.

A maioria das tropas da Otan já deixou o Afeganistão, deixando a responsabilidade para as forças locais de garantir a segurança do país. Contudo, as autoridades afegãs continuam a contar com o apoio aéreo dos americanos e lutam para conter o Talibã, que continua a realizar ataques frequentemente.

Outro líder dos talibãs afegãos, o mulá Ajtar Mansur, foi morto por um drone americano em maio passado, no Paquistão.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia