Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 25 Junho |
São Salomão
home iconAtualidade
line break icon

O inferno de Alepo e as orações das crianças

© Volkovslava / Shutterstock

Vatican Insider - publicado em 28/09/16 - atualizado em 21/08/20


O vigário apostólico de Alepo, Georges Abou Khazen, disse que o bombardeio estadunidense contra o quartel dos soldados sírios não pode ser fruto de um “erro”…

Concordo com ele. Querem zombar de nós, como se fôssemos mentecaptos. No entanto, ninguém colocou em suspeita essa “versão oficial”.

Mas, vocês continuam com seu trabalho de pastores que cuidam das almas…

Fazemos o que é possível. Com muitas coisas reduzidas ao mínimo. Este ano, os Scouts também fizeram seus campos. Em julho, enquanto estava acontecendo a Jornada Mundial da Juventude em Cracóvia, nossos jovens fizeram sua JMJ em Alepo, posto que não podiam viajar a Cracóvia.

Quantos eram?

Mais de mil. Mas não gosto de falar em números. Não sabemos quantos cristãos restam em Alepo. Os números mudam diariamente. Há alguns que se vão, talvez, por alguns meses, para a costa e depois retornam. E, depois, quando você se aventura a presumir um número, há muitos que dizem: “Mas vocês são tão poucos, o que continuam fazendo aqui? Não vale a pena, partam”. Ao contrário, é importante que permaneça uma presença cristã real, onde se esteve durante milênios. Ainda que seja um pequeno resto, é o resto de Israel. Há cristãos que permaneceram nas regiões conquistadas pelo Estado Islâmico. Inclusive, há alguns em Raqqa. Vivem retirados, pagam a jizya (o imposto de compensação para os não muçulmanos). Contudo, é o pequeno sinal que uma frágil e indefesa realidade de cristãos pode viver até mesmo sob os jihadistas. A esperança e também a responsabilidade que nós, pastores, temos é ajudar a todos a viver a fé, a esperança e a caridade na condição em que nos encontramos.

Viveram situações que testemunhem uma visão como esta?

Muitas. Estamos reunindo as histórias dos cristãos que foram sequestrados e depois retornaram. Há muitos testemunhos incríveis de pessoas que não estudaram teologia, que só sabem as orações mais simples, e quando lhes colocaram a faca na garganta disseram que o amor a Jesus era o mais precioso para elas, e que não o renegariam, acontecesse o que acontecesse.

No Ocidente há uma rede muito ativa de siglas que converteram a defesa dos cristãos no Oriente Médio em sua bandeira. Não se corre o risco de confirmar aos que os apresenta como destinatários privilegiados do socorro aos “cruzados” ocidentais?

Os cristãos no Oriente são uma realidade autóctone, que deve sua sobrevivência à ajuda e à “proteção” política ou eclesiástica que vem de fora. A legítima preocupação dos irmãos que estão longe de nossos sofrimentos também sempre deve levar em conta isto. Inclusive, evitando que a ajuda enviada se converta em concorrências que não fazem bem à Igreja.

A que se refere?

Nossas obras de caridade são para todos. Os refeitórios e a Cáritas também oferecem apoio a muitos muçulmanos. Antes da guerra, os bispos católicos se reuniam uma vez por semana, e uma vez por mês havia um encontro dos bispos com os representantes de todas as Igrejas. Agora, obviamente, tudo isto se tornou muito mais difícil. Os cristãos, diante das dificuldades e os problemas, pedem ajuda ao próprio bispo. Há Igrejas que possuem meios e recursos para responder a estes pedidos. Outras não. Estas diferenças são conhecidas porque, aqui, na mesma família, quase sempre há cristãos de diferentes Igrejas, em razão de todos os matrimônios mistos que existem. E, então, isto provoca comparações desagradáveis e, às vezes, recriminações. Isto é problema nosso, e devemos ir adiante por nossa conta. Está certo que também aqueles que enviam ajuda de fora levem isto em conta.

  • 1
  • 2
Tags:
CristãosEstado IslâmicoMundoPerseguiçãoTerrorismo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
CARLO ACUTIS
Francisco Vêneto
Corpo incorrupto: quais foram os tratamentos aplicados ao rosto d...
3
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
4
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
5
Leticia e Juliano Cazarré
Reportagem local
Filha de Juliano Cazarré e Leticia é batizada na Igreja Católica
6
ST JOSEPH,THE WORKER CARPENTER, JESUS,CHILDHOOD OF CHRIST
Philip Kosloski
Esta antiga oração a São José é “conhecida por nunca ter falhado”
7
ŚMIERĆ CÓRKI
Reportagem local
A assustadora sociedade em que a última criança nasceu há 25 anos
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia