Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Natal pelo mundo: 6 extraordinárias canções natalinas de 6 diferentes países

coro

BEN STANSALL / AFP

Aleteia Brasil - publicado em 27/12/16

Clássicos comoventes da França, Irlanda, Líbano, Venezuela, Itália e Espanha

França: “Minuit, Chrétiens“, Roberto Alagna

A música se tornou famosa por sua adaptação em inglês “O Holy Night”. Mas a canção original vem da França e é cantada aqui pelo tenor francês Roberto Alagna: “É meia-noite, cristãos! É a hora solene em que Deus, feito homem, desceu ao meio de nós“.

___

Irlanda: “Don Oíche Úd i mBeithil”, Altan

Esta tradicional canção de Natal em gaélico pinta a cena de Belém: a luz do céu, o frio da terra, o anjo e os pastores e a chegada da Palavra por meio da Virgem Mãe.

___

Líbano: “Talj Talj”, Fairuz

Não se trata só de uma canção, mas de uma lista de várias canções natalinas, na sua versão em árabe, interpretadas por uma das vozes mais delicadas e famosas do Líbano: a da cantora Fairuz.

___

Venezuela: “Mi Burrito Sabanero”, Los Papis RA7

“Villancico” é o nome em espanhol para as populares canções de Natal. Este “villancico” venezuelano, que fala de um menino em viagem sobre lombo de burro para ver Jesus, é aqui interpretado pelo grupo mexicano Los Papis RA7.

___

Itália: “Tu Scendi Dalle Stelle“, Frei Alessandro

O canto natalino mais famoso da Itália foi composto em dezembro de 1754 em Nola, na província de Nápoles, por ninguém menos que um santo: Afonso Maria de Ligório. O cântico de louvor transborda admiração pelo mistério da Encarnação do Filho de Deus, que se fez tão pobre e tão frágil na gruta de Belém, por amor a nós, a ponto de levar Santo Afonso a se comover e se compadecer dessa pobreza, que o deixa ainda mais apaixonado pelo Menino Deus.

___

Espanha: “El Tamborilero“, Raphael

Conhecido na América Latina como “El niño del tambor” (“O menino do tambor”), o clássico “El tamborilero” é tão famoso na Espanha que concorre em popularidade com “Noite Feliz”. A letra conta a história imaginária de um menino pobre, que ganha a vida tocando seu tamborzinho. Não tendo nada para presentear ao Menino Jesus na noite do Seu nascimento, o pequeno “tamborilero” decide dar ao Deus Menino uma serenata com seu instrumento musical – e o Recém-Nascido o olha nos olhos e lhe sorri, elevando a canção ao ápice da emoção e da reflexão sobre o significado dos verdadeiros presentes para a alma! Especula-se que o original tenha sido composto na República Tcheca, mas a versão que ganhou o mundo foi a espanhola, gravada pelo cantor Raphael na década de 1960.

Tags:
DoutrinaMúsicaNatal
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia