Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

Vem Pra Rua prepara protesto contra 'impunidade' no Brasil

Fábio Pozzebom/ABr

Bandeira do Brasil na Praça dos Três Poderes (Brasília)

Agências de Notícias - publicado em 08/03/17

Neste momento o Brasil volta a olhar para as delações premiadas de 77 executivos da empreiteira Odebrecht

O movimento Vem Pra Rua, que mobilizou milhões de brasileiros contra Dilma Rousseff, convocou um protesto para 26 de março contra aliados do presidente Michel Temer, que tentam se salvar de investigações de corrupção.

Com a frase “Chega de impunidade”, o Vem Pra Rua denuncia a tentativa de membros do Congresso “de sair impunes, utilizando prerrogativas legislativas”, disse seu líder, Rogério Chequer, em entrevista por telefone à AFP.

Temer “escolheu pessoas equivocadas e está perdendo uma grande chance de ser um interlocutor direto da sociedade”, assinalou o empresário de 48 anos.

Em dezembro, o Vem Pra Rua mobilizou seus partidários contra o então presidente do Senado Renan Calheiros, que enfrenta um julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) por desvio de dinheiro público, e que foi denunciado pela Operação Lava Jato.

Chequer considera que a manifestação será “um grande sucesso” se superar a de dezembro, que segundo o Vem Pra Rua mobilizou 200.000 pessoas em São Paulo e um milhão em todo o país.

Neste momento o Brasil volta a olhar para as delações premiadas de 77 executivos da empreiteira Odebrecht, uma das principais envolvidas no caso de corrupção da Petrobras.

Os primeiros vazamentos das chamadas “delações do fim do mundo” mencionaram Temer e apontaram para vários de seus principais colaboradores e aliados.

O presidente Michel Temer já perdeu seis ministros por causas relacionadas à Lava Jato e teve que bloquear, pela pressão social, várias tentativas de membros do Congresso para impedir as denúncias que se aproximam.

Ética e “Estado eficiente”

O Vem Pra Rua, acusado pela esquerda de ter aberto caminho para um “golpe parlamentar” contra Dilma, defende em sua plataforma “a democracia, a ética na política e um Estado eficiente e desinchado”.

Segundo Chequer, esses objetivos correm o risco de se chocarem.

“Primeiro o combate à corrupção, segundo é a renovação política. Se não reformamos nosso Congresso, até as reformas atuais estão em risco”, adverte.

Isso se deve, explica, à possibilidade de que as medidas de austeridade aprovadas agora sejam revertidas por uma nova maioria em 2019.

A renovação, insiste, acontecerá nas eleições, pois o Vem Pra Rua não vê “nenhum argumento” para tornar o “Fora Dilma” de ontem em um “Fora Temer”.

Mas Chequer não poupa críticas às últimas nomeações apoiadas por Temer: o novo presidente do Senado, Eunício Oliveira, que está na mira da Lava Jato.

As últimas pesquisas visando as eleições de 2018 colocam o ex-presidente Lula como o favorito, porém Chequer não acredita que a um ano e meio da votação essas pesquisas sejam significativas. Deve-se dar “tempo ao tempo”, se limita a dizer, esperando que os brasileiros decidam sacudir a “velha política”.

Chequer descarta que a “nova política” possa ser feita pelo juiz Sergio Moro. “Moro está tendo um papel fundamental, que ele permaneça onde está”, responde.

E quando é questionado sobre ter alguma aspiração à Presidência, responde: “não está nos meus planos”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia