Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 23 Outubro |
São João de Siracusa
Aleteia logo
home iconEspiritualidade
line break icon

“Odeio pessoas felizes”

© Momente / Shutterstock

Sergio Argüello Vences - publicado em 11/04/17

Um testemunho abominável e uma oração para que consigamos nos afastar das pessoas que querem o mal dos outros

Na minha vida, já conheci milhares de pessoas. Sempre fui muito sociável, gosto de falar, cumprimentar, fazer rir um pouco. Agora, como padre, o contato com as pessoas aumentou muito. Tenho a função de participar dos maiores momentos da vida de uma pessoa, desde os mais alegres – como o nascimento de um filho, o casamento dos apaixonados, as celebrações de aniversário e muitas outras ações de graça – aos momentos mais tristes, como doenças, depressão, morte…

Posso dizer que tenho ouvido e visto muitas coisas boas e más. Honestamente, nunca fiquei muito espantado com estas coisas, porque na minha própria vida obtive a misericórdia de Deus, sentindo-me perdoado e amado por Ele, a pesar das minhas fraquezas. Por isso, entendo que todos temos nossos momentos para nos corrigir e melhorar; simplesmente confio tudo isso a Deus. Sei que os tempos Dele são perfeitos, que Ele escreve em linhas tortas e que, no fim, todos terminaremos com Ele.

Mas, há uma semana, algo que eu ouvi de uma pessoa que conheço há  muitos anos me impactou. Essa pessoa já tinha me pedido um tempo para conversarmos e este tempo chegou. Nós nos encontramos e ele me falou de um negócio que tinha aberto e que estava dando certo. Tudo corria bem até que ele me disse que tinha um empregado muito eficiente e que estava muito contente por isso. Porém, para que ele fosse perfeito, deveria corrigir um defeito:

– Ah, que bom! O que você quer mudar nele?

– Ele ri muito, anda sempre feliz, tenho que tirar este sorriso do rosto dele.

– Perdão, não entendi.

– Detesto pessoas felizes. A vida não é para andar sorrindo como se tudo fosse tão fácil. Já lhe dei uns bons sustos, mas ele ainda continua muito alegre. Vou ameaçar despedi-lo para ver se ele desfaz aquela carinha de felicidade”.

Eu fiquei completamente frio. Mesmo que eu tenha tentado explicar a ele que todos temos direito de sermos felizes e que a sua atitude diante desta pessoa não era cristã, ele terminou dizendo:

– Mas, olhe, as coisas acontecem do meu modo. Se consegui tirar o sorriso do rosto da minha esposa, verá que farei o mesmo com este rapaz.

Eu não conseguia acreditar naquilo. Sei que há pessoas que fazem os outros sofrerem e que se lastimam porque nunca tinham pensado que o fizessem conscientemente. Sempre rezava e pedia a Deus que estas pessoas se dessem conta do mal que faziam. Mas agora também devo rezar pelos que, conscientemente, decidem magoar e maltratar os outros.

Tenha cuidado: a inveja não tem limites! No fundo, esta vontade de tirar a felicidade dos outros é pura inveja. Como ele não consegue rir, nem aproveitar a vida,nem ser feliz, erroneamente decide tirar tudo isso de quem consegue.

Nunca permitamos que a inveja nos faça desejar o mal aos outros. É melhor pedirmos a Deus a serenidade e a sabedoria para estarmos sempre satisfeitos com o que temos:

Meu bom Pai, carinhoso e próximo, que triste é quando vivemos cegos, desejando o mal aos outros, sem querer mudar, possuídos pela inveja e agindo contra nossos irmãos. Toca o coração dos que querem ver seus irmãos humilhados, que eles se lembrem de tus palabras: “todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes” (MT 25,40). E, de maneira muito especial, te peço por quem convive com pessoas tóxicas, invejosas e perversas. Dá-lhes sabedoria para que se afastem e possam escolher ficar perto de pessoas que querem seu bem. Se não podem se distanciar, faz com que estas pessoas sintam o teu amor, tua força e tua paciência, para suportarem santamente as situações mais difíceis.

Por Padre Sergio

www.padresergio.org

Tags:
invejaMal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
3
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
6
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
7
JESUS
O São Paulo
Que os mortos enterrem seus mortos: o que Jesus quis dizer com is...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia