Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Por amor aos seus filhos, resista!

Compartilhar

Eu não conseguia entender como uma criança tão pequena tinha que enfrentar tristezas tão grandes

Foi na cidade de Puebla, onde celebrei uma Missa pela conclusão do curso de preparação para a primeira comunhão de mais de 150 crianças. A Missa parecia uma festa. Na homilia, eu me arrepiei com uma oração que elas recitaram para receber o “Pão do Céu”.

Agora, ao me lembrar da fé e da alegria dessas crianças, peço a Deus que me conceda somente um pouco dessa devoção feliz e simples. Mas, no momento em que dei a paz às crianças, meu coração explodiu. Um deles, em soluços, me disse: “Tenho medo de que meus pais se separem. O que eu faço para que eles não gritem tanto?

O menino tinha somente 7 anos e seus soluços o impediam de falar. Meu coração ficou partido, eu me sentia muito mal e, antes de dar a Comunhão, enquanto estava com o Nosso Senhor entre as minhas mãos, eu dizia, em silêncio, que não conseguia entender como um menino tão pequeno tinha que enfrentar tristezas tão grandes…

Terminei a Eucaristia ainda com um nó na garganta. Eu também precisava chorar; tinha muitas perguntas dentro de mim. As lágrimas daquele pequeno, na verdade, me faziam sofrer. Por isso, fui ao Sacrário para buscar ajuda.

Diante de Jesus Sacramentado, coloquei-me a pensar em todos os jovens que vivem escondidos na tristeza porque só há problemas em suas famílias. Também pensei naqueles que choram porque seus pais não os amam. Se vocês soubessem quantos deles já choraram para mim, dizendo: “Meu pai ou minha mãe nunca me disse que me ama, nunca me deu um abraço…”

Logo vinham em minha mente os casais que vivem brigando, gritando e se humilhando, os que abandonam suas famílias, os pais que não cuidam de seus filhos por causa do trabalho e da ganância sem limites, os jovens que abandonam seus filhos, os pais que gritam aos seus pais e dizem que eles não valem nada. Se soubessem as feridas tão grandes que deixam em seus filhos…

Por isso, rezei e rezo muito pelas famílias, para que encontrem a paz e a felicidade, e, assim, seus filhos se sintam amados.

Hoje, quero convidar todos os casais para que contemplem Cristo na cruz, que o vejam ali, cravado, sofrendo injustamente por amor, pela nossa salvação. Pensem nisso: se Jesus não tivesse resistido o peso da cruz, simplesmente não teria nos salvado.

Da mesma forma acontece com vocês: se não decidirem suportar por amor os seus filhos, ninguém mais os salvará. Aprendam com Cristo, que decidiu aguentar o sofrimento na cruz por amor a vocês.

Depende de você. De coração, suplico: Por amor, controle-se, resista, seja paciente! Você precisa salvar sua família! Cristo aguentou por amor a você. Agora, você teve aguentar por amor a seus filhos…

RESISTA à tentação de ser agressivo, de humilhar, de maltratar, de gritar, de ficar nervoso…

RESITA à tentação de ser infiel, de fazer do trabalho a sua vida e descuidar da sua família. De fazer pouco caso de seus pais, irmãos, esposo, esposa e filhos. De entregar-se ao álcool e outros vícios…

RESISTA à tentação de acreditar que você é superior a seu(sua) esposo/esposa, de crer que seria melhor se estivesse longe, de acreditar que tudo depende do outro, que crer que você é infeliz porque ninguém permite que você seja feliz…

RESISTA e decida ser feliz com sua família. Decida ser feliz com o que você tem. Decida colocar toda a sua força para que o amor e a paz cresçam. Decida perdoar e esquecer por amor…

E quando você se sentir fraco, prostre-se em frente a Cristo na cruz e veja que ele continua suportando o sofrimento por amor a você, para te salvar, para te ver feliz… Verá que Ele dará força e sabedoria para que você conserte sua família!

Conte com minhas orações.


Padre Sergio

http://www.padresergio.org