Aleteia
Terça-feira 29 Setembro |
Beato João de Montmirail
Religião

Somente 7 mulheres no mundo podem vestir branco perante o Papa

Alessandra Tarantino | POOL | AFP

Papa Francisco saluda a Melania e Ivanka Trump / AFP PHOTO / POOL / Alessandra Tarantino

Aleteia Brasil | Mon May 29 2017

Conheça o tradicional protocolo do "privilégio do branco"

A primeira visita do presidente norte-americano Donald Trump e de sua esposa Melania ao Papa Francisco chamou as atenções da imprensa mundial por vários motivos: desde as diferenças de perspectiva no tocante a temas sensíveis até o fato de que tanto a primeira-dama quanto a filha do presidente, Ivanka, usaram vestido preto e véu perante o Santo Padre.
A Santa Sé não impõe um código de vestimenta a ser adotado de modo obrigatório, mas sugere um protocolo para visitas de Estado e audiências com o Papa, tanto para homens quanto para mulheres. No caso feminino, o protocolo requer vestido preto longo e gola alta, mangas compridas e mantilha preta. No entanto, por motivos históricos, algumas rainhas católicas ou consortes católicas de reis têm sido tradicionalmente isentas de usar o preto: trata-se do assim chamado “privilégio do branco”, uma especial prerrogativa concedida e mantida a critério do Papa. Atualmente, são apenas sete as rainhas, princesas ou consortes de monarcas e monarcas eméritos a quem é concedido o “privilégio do branco”: a rainha consorte Letícia, da Espanha; a rainha emérita Sofia, também da Espanha; a rainha consorte Matilde, da Bélgica; a rainha emérita Paula, também da Bélgica; a grã-duquesa Maria Teresa, de Luxemburgo; a princesa Charlene, de Mônaco; e a princesa Marina, de Nápoles, por pertencer à Casa de Saboia. Trata-se de uma tradição cujo sentido é o de reverenciar a importância do Sumo Pontífice, mas os próprios Papas não exigem à risca o seu cumprimento. Diversas mulheres chefes de governo ou de Estado foram recebidas pelos Papas sem estarem vestidas de preto nos últimos anos. Foi o caso, por exemplo, das ex-presidentes irlandesas Mary Robinson e Mary McAleese, além da ex-primeira-dama Raíssa Gorbachova, da antiga União Soviética, todas em encontros com São João Paulo II. Em diversas ocasiões, as próprias rainhas e princesas que têm o “privilégio do branco” preferiram não fazer uso dessa prerrogativa, escolhendo vestir-se de preto em gesto de reverência ao Santo Padre.
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DoutrinapapasVaticano
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
ROSARY
Redação da Aleteia
Exorcista alerta sobre os perigos de "falar" ...
Aleteia Brasil
Com afastamento do pe. Robson, o Santuário de...
Redação da Aleteia
Papa Francisco: "Não usem o nome de Deus para...
HOLY COMMUNION
Redação da Aleteia
A Santa Missa não pode ser trocada por oraçõe...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Gaudium Press
Sabia que a aliança de casamento pode ter a f...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia