Aleteia

Você sabe onde fica a maior paróquia do mundo?

Reprodução / Instagram
Compartilhar
Comentar

Comunidade é formada por 400 mil pessoas

Os Emirados Árabes Unidos têm cerca de 9 milhões de habitantes, sendo que 1 milhão de pessoas se declararam cristãs. A cidade mais populosa do país é Dubai, com 2,7 milhões de habitantes.

Tudo em Dubai é grandioso: prédios, praias, shoppings. E é também nesta cidade que fica a maior comunidade paroquial do mundo, cuja sede é a Igreja Católica de Santa Maria (St.Mary Catholic Church).  De acordo com o News.va, a comunidade é formada por 400 mil fiéis, que vivem no território sob responsabilidade da paróquia – uma entre as sete existentes na cidade.

Reprodução / Instagram

Em meio a tanto luxo ostentado na cidade (que tem os melhores hotéis do mundo e se destaca pelo turismo), a igreja se destaca pela simplicidade. Nada que não atraia os católicos da região. No espaço interno, cabem 1.700 pessoas. Mas as Missas e celebrações especiais costumam atrair, em média, 20 mil pessoas. Por isso, também são transmitidas por telões do lado de fora. Grande parte dos fiéis são trabalhadores imigrantes oriundos das Filipinas e da Índia.

Segundo o grupo ACI Digital, em ocasiões especiais, as celebrações chegam a receber 200 mil pessoas.

Ao todo, a paróquia conta com 12 padres e 250 voluntários. A língua oficial das Missas na Igreja é o inglês. Mas também há celebrações em árabe, francês, português, polonês, ucraniano, urdu e malaio, entre outras. Em média, são rezadas seis Missas por dia. Clique aqui e fique por dentro dos horários.

Reprodução / Isntagram

 

Construção

Antes da construção da paroquia, as Missas eram celebradas para pequenos grupos de 10 a 15 fiéis em algumas casas ou embaixadas e eram presididas por um sacerdote estrangeiro.

Na década de 1960 chegaram os sacerdotes destinados a servir permanentemente aos católicos de Dubai. Como não havia nenhuma igreja, em 1965, o Pe. Eusebio Daveri pediu ao Sheikh Rashid Bin Saeed Al Maktoum um terreno para construir a primeira.

Em 1966, o templo começou a ser construído e foi concluído em 1967. No dia 7 de abril daquele ano, foi abençoado pelo então Vigário Apostólico da Arábia, Dom Luigi Irzio Magliacani, e dedicado à Assunção da Virgem. O templo podia acolher aproximadamente 300 pessoas.

Na década de 1980, aumentou o número de imigrantes no país e, consequentemente, o número de cristãos cresceu. Em 1989, foi inaugurado um novo templo, construído sobre o anterior, que é o que funciona atualmente e tem capacidade para acolher cerca de 2 mil pessoas.

 

Com informações de ACI Digital e News.va

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia