Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

5 antigos símbolos da Santíssima Trindade

Shutterstock
Compartilhar

Ao longo dos séculos, a arte cristã vem usando diversas maneiras de representar o Deus Uno e Trino

Representar a Santíssima Trindade na arte sacra é sempre uma tarefa elevada e árdua. Como, afinal, simbolizar este princípio tão misterioso e incompreensível da nossa fé?

Os artistas fizeram notáveis esforços para tornar a Trindade “visível” aos fiéis cristãos mediante símbolos. Eis cinco deles:

1 – O Triquetra

Este símbolo contém três formas semelhantes a folhas que se interligam e se entrelaçam com um círculo. As folhas representam a Trindade; o círculo, a vida eterna. Esta imagem é associada à arte celta e pode ser vista, por exemplo, no famoso Livro de Kells.

2 – O Escudo da Trindade

Este antigo símbolo mostra que cada Pessoa da Trindade é o mesmo e único Deus, mas, ao mesmo tempo, as três são distintas uma da outra. Ao longo da história, foi bastante usado como ferramenta de catequese.

3 – O Triângulo

Há muitas variações do triângulo como representação da Trindade. Algumas contêm outros símbolos de cada uma das três Pessoas Divinas, enquanto outras usam apenas o triângulo sem quaisquer adições.

4 – O Trevo de Três Folhas

Frequentemente atribuído a São Patrício, o trevo de três folhas se tornou uma das representações mais facilmente identificáveis ​​da Santíssima Trindade na arte cristã.

5 – A Flor-de-Lis

Comumente ligada à nobreza francesa e a Nossa Senhora, a flor-de-lis já foi usada também para representar a Santíssima Trindade.