Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Estilo de vida

Vingue-se da maneira mais cruel que existe: deixe pra lá!

A mente é maravilhosa - publicado em 24/07/17

O que mais irritará quem nos feriu sempre será a nossa indiferença

Não há quem nunca tenha imaginado uma forma de se vingar de quem aprontou alguma, para que a pessoa sofra na pele o que causou. Chegamos até a desejar-lhe o mal por um tempo, porque somos humanos e é isso que, num primeiro momento, a dor da decepção faz com a gente.

Quando nos traem, quando nos dizem barbaridades injustas, quando nos rejeitam, quando brincam com nossos sentimentos, enfim, toda vez que alguém de quem gostamos age de maneira vil conosco, sentimos uma dor imensa e, ao mesmo tempo, começamos a pensar em alguma forma de machucar de volta. Queremos que a pessoa sofra, assim como nós estamos sofrendo.

Felizmente, na maior parte das vezes, tais planos ficam somente na teoria, porque muitos de nós acabamos percebendo que de nada adiantaria fazer mal a quem nos magoou, porque estaríamos, inclusive, tornando-nos exatamente iguais ao que tanto repudiamos. Estaríamos nos rebaixando ao nível baixo de quem não é, nem nunca será, feliz de fato. E isso não podemos nos permitir.

Uma vez ou outra, talvez não consigamos nos conter e então devolveremos alguma maldade na direção de quem nos machucou, pois não somos de ferro. Mesmo assim, o que mais irritará quem nos feriu sempre será a nossa indiferença – ao menos aparente -, pois pessoas maldosas se alimentam da raiva e da tristeza dos outros, portanto, não sejamos nós fonte de prazer para esse tipo de gente.

A melhor atitude a ser tomada, nesses casos, como se vê, será não demonstrar nada, ignorando o desafeto de uma vez por todas, ainda que, intimamente, a alma esteja quebrada. Dessa forma, estaremos oferecendo a ele o contrário do que esperava e, por isso mesmo, a raiva, aos poucos, sairá da gente e permanecerá dentro dele. Porque é isso o que os maldosos merecem: exílio emocional, para que, quem sabe, possam vir a refletir sobre os danos que causam por aí – o que se é de duvidar. Deixemos a vida cuidar de cada um, pois nisso ela é incomparável.

___

Por Marcel Camargo, via A Mente é Maravilhosa

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
sentimentos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia