Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 18 Junho |
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Jogador de futebol abandona carreira para salvar a vida de sobrinho

ALEJANDRO BENITEZ

Reprodução / Facebook Alejandro Benitez

Sempre Família - publicado em 28/07/17

“Eu jamais vou me arrepender do que fiz”, diz Lulo Benítez, o atleta argentino que pendurou a chuteira, mas salvou uma vida

O jogador de futebol argentino Alejandro Benítez, conhecido como “Lulo”, acaba de pendurar as chuteiras. O motivo é o mais nobre possível: o atleta de 30 anos decidiu doar parte do seu fígado ao sobrinho de nove meses de idade, que nasceu com uma má-formação. Ao saber que era compatível com o bebê, Lulo não teve dúvidas. Mesmo sabendo que isso lhe custaria a carreira, optou por salvar o pequeno Milo.

“Em primeiro lugar para mim era a saúde do meu sobrinho e nada me importava mais do que isso”, disse, em entrevista à CNN. “Somos uma família muito unida, com três irmãos. Quando me disseram, eu não tive dúvidas. Eu teria que abandonar o futebol, mas não me importei. Eu jamais vou me arrepender do que fiz. Você não faz ideia da alegria que minha irmã ficou ao saber que havia uma chance de vida para Milo”, acrescentou o atleta, que será pai no fim do ano.

Quando Milo, filho da irmã do atleta, nasceu, foi detectada uma obstrução nos canais que transportam a bílis, desde o fígado até à vesícula. Com a vida do bebê em risco, a mãe até poderia ser doadora, mas uma anterior operação no coração fazia dela um caso de risco.

A cirurgia, no Hospital Austral de Pilar, em Buenos Aires, não foi nada simples para Lulo e Milo. Foram sete horas de operação no atleta e doze no bebê. Tudo isso, porém, valeu a pena quando Lulo se encontrou com o sobrinho pela primeira vez após a cirurgia. “Foi a coisa mais emocionante que aconteceu na minha vida”, disse.

Na sexta-feira (21/07), a cidade de Larroque recebeu Lulo com festa, como fez tantas outras vezes em comemoração aos gols que o atleta marcava pelo Central Larroque, clube da série C do futebol argentino. Dessa vez, porém, o motivo era outro. Lulo não é tido como herói apenas pelos gols, mas porque salvou uma vida.

____

Via Sempre Família 

Tags:
CaridadeEsporteFamíliasolidariedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
POPE FRANCIS - PENTECOST MASS - SUNDAY
Comunidade Shalom
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
4
Reportagem local
Poderoso filme de 1 minuto sobre casamento rende prêmio a cineast...
5
Reportagem local
Papa Francisco explica quais são os piores inimigos da oração
6
Nhá Chica
Aleteia Brasil
A beata brasileira Nhá Chica e sua singela explicação: “É p...
7
PASSION OF THE CHRIST
Cerith Gardiner
7 provações e tribulações que Jim Caviezel enfrentou ao interpret...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia