Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 01 Agosto |
home iconAtualidade
line break icon

Por que tem gente que acha que os gatos pretos são “símbolos do demônio”?

BLACK CAT

KT Photography | CC

Philip Kosloski - Aleteia Brasil - publicado em 08/09/17

Esse preconceito, baseado em mera ignorância, ainda pode ter contribuído para a difusão da peste!

Ao contrário dos cachorros, os gatos eram vistos, no geral, como “símbolos do mal” em quase toda a Europa medieval. Essa má reputação parece ter surgido, pelo menos em parte, do aparente caráter “indolente” dos gatos.

Nas artes plásticas, eles representavam com frequência a luxúria, podendo ser vistos com essa conotação em representações da queda de Adão e Eva, por exemplo. Depois, passaram a ser interpretados como um símbolo de Satanás – em especial os gatos pretos, associados à bruxaria.

Alguns autores até consideram que existe certo vínculo entre o preconceito contra os gatos e a devastação provocada na Europa pelos surtos de peste. É que, segundo as hipóteses desses pesquisadores, a ignorância que sustentava esse preconceito levava a população a matar sistematicamente os gatos, a ponto de, em algumas localidades, eles terem chegado a desaparecer. E o resultado da ausência de gatos fez crescer por todo o continente a população de… ratos. Em decorrência disso, a peste propagada por esses roedores se estendeu mais rápida e facilmente, ceifando a vida de milhões de europeus em diversos surtos da doença, particularmente na dramática epidemia de peste negra que assolou o continente no século XIV, chegando ao auge entre 1346 e 1353.

Ao se identificar que o problema estava nos ratos muito mais do que nos gatos, os felinos passaram a ser relativamente bem-vindos em muitos lares – mas os gatos pretos ainda conservaram aquela associação com o mal, que, diga-se de passagem, sobrevive até hoje em dia.

Os gatos pretos continuam sendo injustamente associados, inclusive em nosso tempo, a conceitos supersticiosos como o de “azar” – e grande parte da responsabilidade pela perpetuação desse preconceito é da indústria do entretenimento, que insiste em produzir de filmes de terror a temas de Halloween explorando as crendices em torno aos pobres gatos pretos.

Tags:
CriaçãoSuperstição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
3
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia