Aleteia

Em outubro, Papa Francisco reza pelos desempregados

Compartilhar

“A falta de trabalho leva a pessoa a sentir-se sem dignidade”, diz Francisco no Vídeo do Papa de outubro

O Santo Padre, na edição deste mês de O Vídeo do Papa, realizado pela Rede Mundial de Oração do Papa, clama a proteger e assegurar os direitos dos trabalhadores de todo o mundo.

Com regiões que em 2016 alcançaram um nível de desemprego de mais de 25%, o Papa adverte sobre as consequências que a falta de trabalho gera na vida do ser humano.

Na versão de outubro de O Vídeo do Papa, o Sumo Pontífice enfatiza que o desemprego danifica a dignidade das pessoas e fere os valores fundamentais de sua integridade.

“Porque o trabalho afeta diretamente a sua vida, a sua liberdade, a sua felicidade, o desenvolvimento das suas capacidades intelectuais, criativas, afetivas, manuais”, afirma Francisco.

“Através do trabalho você percebe a si mesmo como pessoa e seu propósito não permanece em si mesmo, mas envolve o bem de todos”, acrescentou.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), existem regiões do mundo com situações críticas de desemprego.

Entre os países com as taxas mais altas se encontram, na Europa, Macedônia com 26,7%, Grécia com 23,9% e Espanha com 19,45%; na África, Gâmbia tem 29,69%, Lesoto 27,42% e Suazilândia 25,98%; e na América, República Dominicana tem 14,36%, Jamaica 13,26 e Haiti 13,19%.

“Peçamos, irmãos, pelo mundo do trabalho, para que se possa assegurar a todos o respeito e a proteção de seus direitos e que os desempregados consigam a oportunidade de contribuir com o trabalho a construção do bem comum”, pediu o Papa.

“Este mês, decidimos trabalhar sobre o tema emprego porque estamos convencidos de que constitui um dos principais desafios para os próximos anos”, observou o Pe. Frédéric Fornos, SJ, Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa e do Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ).

“É algo sobre a qual a política e a sociedade devem trabalhar em conjunto para encontrar soluções sustentáveis e de longo prazo”, acrescentou. As intenciones de oração são confiadas mensalmente a Rede Mundial de Oração do Papa.

O Vídeo do Papa é produzido pela La Machi Comunicación para Buenas Causas com o apoio da Compañía de Jesús, IndigoMusic, GettyImagesLatam e a colaboração do Centro Televisivo Vaticano. Tem também como parceiro de mídia a Aleteia.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia