Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 18 Outubro |
São Lucas
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Triplo atentado de mulheres camicases deixa 13 mortos na Nigéria

AFP PHOTO / HO/ PGDBA&HND MASS COMMUNICATION/ SUNDAY AGHAEZE

Agências de Notícias - publicado em 23/10/17 - atualizado em 23/10/17

Três mulheres camicases realizaram atentados neste domingo em Maiduguri, capital do estado de Borno, no norte da Nigéria, matando 13 pessoas e ferindo 16, indicaram fontes de segurança.

“Uma primeira mulher detonou seu cinturão de explosivos às 21H45 (18H45 em Brasília) em frente a um pequeno restaurante, causando 13 mortos”, indicou a fonte militar, que preferiu se manter anônima.

A fonte acrescentou que as outras duas jihadistas camicases deixaram ao menos 16 pessoas feridas em outros dois ataques consecutivos, o que foi confirmado por um responsável das milícias armadas da cidade.

O cinturão de explosivos de uma delas não funcionou bem e não causou vítimas.

Os socorristas nigerianos preferiram não fazer declarações oficiais, dado que já estava tarde, mas indicaram que se pronunciariam na segunda-feira de manhã.

No domingo, os cidadãos de Maiduguri tinham sido alertados sobre a presença de “um grande número de membros do grupo Boko Haram circulando nos arredores” da cidade, indicou uma fonte militar.

Maiduguri, a cidade onde foi fundado o grupo extremista nigeriano, havia voltado a uma calma relativa, apesar de atentados esporádicos.

No entanto, a cidade de Konduga, a 20 quilômetros da capital, é palco de violência recorrente há meses.

O estado de Borno, epicentro de confrontos entre o exército e o Boko Haram, continua sendo em grande medida inacessível, embora o grupo jihadista já não controle os amplos setores de território que ocupava até 2015.

Cerca de um milhão de pessoas encontraram refúgio na grande cidade do nordeste, e muitos vivem em campos de refugiados, onde a situação humanitária e de segurança é muito precária.

Na terça-feira, 10 pessoas serão julgadas por “distúrbios da ordem pública”, após organizarem um protesto em setembro para denunciar as condições de vida nos campos.

A insurreição do Boko Haram, particularmente violenta desde 2009, devastou o norte da Nigéria, causando pelo menos 20.000 mortos e 2,6 milhões de deslocados.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
2
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
3
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
4
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
7
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia