Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Ele se afastou da fé, casou, separou, viveu a vida louca e, neste mês, foi ordenado padre

Portland Press-Herald/Gregory Rec
Compartilhar

A surpreendente história de mais uma vocação que ninguém esperava... a não ser Deus

Durante anos e anos, Louise foi ao santuário de Santo Antônio, em Boston, para rezar pelo filho caçula. Ele tinha se afastado da fé católica e levava uma vida de “ovelha desgarrada”.

Na semana passada, a esperançosa mulher de 91 anos recebeu, na porta da igreja, o folheto da celebração de ordenação sacerdotal que continha um nome improvável: Anthony T. Cipolle.

Era o nome do filho dela. O filho caçula. Anthony, agora ordenado padre católico, testemunha:

“A minha mãe ia toda terça-feira até o santuário com a minha tia e rezava por mim, porque eu tinha me desgarrado. Eu conheci a fé graças à minha mãe”.

O pe. Anthony percorreu um caminho pouco usual até o sacerdócio, passando por várias carreiras, pela paternidade, por um casamento e por uma anulação matrimonial. Ficou décadas longe da Igreja e mais dez anos estudando em preparação para aquele dia. Enquanto a mãe se sentava em um dos bancos da igreja, Anthony estava de pé na sacristia, rodeado de sacerdotes, diáconos e coroinhas, vestindo com fervor e recolhimento os paramentos sagrados.

O coro entoa o hino de entrada.

Uma fila de homens avança pelo corredor central, com os acólitos à frente – todos seminaristas, que, algum dia, também vão ser ordenados padres. Logo em seguida vem Anthony, encabeçando um grupo de mais de 30 sacerdotes e diáconos. Por fim, quem encerra a fila é o bispo de Portland, dom Robert Deeley.

O coro cresce num estribilho que resume magistralmente a história cujo ápice está chegando ali mesmo, diante do altar:

Here I am, Lord. Is it I, Lord? I have heard you calling in the night.

I will go, Lord, if you lead me. I will hold your people in my heart.

(Eis-me aqui, Senhor. Serei eu, Senhor? Eu ouvi o teu chamado em meio à noite.

Eu irei, Senhor, se Tu me guiares. Eu guardarei o teu povo no meu coração).

_________

Se você quiser ler a história completa da ordenação sacerdotal do pe. Anthony T. Cipolle, poderá encontrá-la aqui (em inglês).

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.