Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Acidente rodoviário mata 12 turistas e fere brasileiros no México

MEXICO
Marko Vombergar-ALETEIA
Compartilhe este artigo para ter a chance de ganhar uma peregrinação a Roma
Compartilhar
Compartilhei
Total de Pontos

Ao menos 12 turistas que chegaram ao Caribe mexicano em navios de cruzeiro morreram e outros 13 ficaram feridos, incluindo brasileiros, em um acidente rodoviário quando se dirigiam a uma zona arqueológica.

As autoridades ainda não divulgaram a lista oficial de vítimas fatais, mas um membro da Defesa Civil disse à AFP que há 12 mortos, incluindo um americano, e que entre os 13 feridos se encontram três cidadãos brasileiros.

Segundo o agente da Defesa Civil, além dos três brasileiros há oito americanos e dois suecos feridos.

Entre os mortos, “90% são americanos”, declarou o agente, acrescentando que o guia mexicano também faleceu. O motorista do ônibus está detido.

Mais cedo, o governo de Quintana Roo havia informado que entre os mortos ou feridos havia “cidadãos do Brasil, Estados Unidos e Suécia”.

O ônibus “transportava 31 passageiros, incluindo 12 pessoas que lamentavelmente faleceram, entre eles uma menor”, e outras 18 pessoas ficaram feridas, segundo o governo estadual.

O “ônibus turístico saiu da estrada no trecho El Cafetal-Mahahual”, quando se dirigia à zona arqueológica de Chacchoben.

As vítimas são “visitantes de Mahahual que chegaram em cruzeiros da Royal Caribbean com destino à zona arqueológica de Chacchobén”, precisou o governo.

A Royal Caribbean Cruises revelou à AFP que dos 31 passageiros, 23 chegaram a Quintana Roo nos navios “Celebrity Equinox” e “Serenade of the Seas”, que zarparam no dia 16 de dezembro do Porto de Miami e em 15 de dezembro de Fort Lauderdale.

As causas do acidente ocorrido em uma estrada em linha reta e com pouco tráfego são desconhecidas.

Mahahual, 350 km ao sul de Cancún e próximo da fronteira com Belize, é uma região turística onde chegam diversos navios de cruzeiro internacionais.

– Pouca informação –

“O capotamento do ônibus ocorreu nas primeiras horas da manhã e de imediato as autoridades foram avisadas (…) para os trabalhos de resgate pertinentes”, destacou a companhia turística.

As autoridades não informaram a procedência do cruzeiro. Na página web da Royal Caribeban, os cruzeiros pelo Caribe partem dos Estados Unidos e de Porto Rico.

A AFP contatou uma porta-voz da Royal Caribbean, que recusou-se a comentar o acidente. Em sua conta no Twitter, a empresa se limitou a dar suas condolências. “Estamos fazendo tudo o que podemos por nossos hóspedes, inclusive assistência médica e transporte”, destacou.

A empresa de cruzeiros, fundada na Noruega e com escritórios em Miami, promove viagens para a região arqueológica de Chacchobén, localizada a 70 km de Chetumal, capital de Quintana Roo e fronteiriça com Belize.

De Mahahual, que também tem uma zona de praias e restaurantes, partem diversos passeios turísticos para os visitantes que chegam nos cruzeiros e são a principal fonte de renda do porto.

Quintana Roo, onde ficam Cancún e a Riviera Maia, é o destino mexicano mais visitado por turistas estrangeiros.

(AFP)

Selecione como você gostaria de compartilhar.

Compartilhar
* O crédito para artigos compartilhados será fornecido somente quando o destinatário do seu artigo compartilhado clicar no URL de referência exclusivo.
Clique aqui para mais informações sobre o Sorteio da Aleteia de uma Peregrinação a Roma

Para participar do Sorteio, você precisa aceitar os Termos a seguir


Ler os Termos e Condições