Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 25 Fevereiro |
Beato Sebastião Aparício
home iconAtualidade
line break icon

Desemprego entre jovens ainda desafia Europa

Teenagers praying

Philippe Lissac / Godong

Agências de Notícias - publicado em 01/02/18

A economia da zona do euro avança a todo vapor – seu crescimento chegou em 2017 ao nível mais alto em dez anos -, mas a recuperação não alcançou os jovens. A taxa de desemprego entre eles é superior aos níveis pré-crise econômica mundial.

Segundo dados do escritório europeu de estatísticas Eurostat, o índice de desemprego entre os menores de 25 anos na zona do euro em dezembro de 2018 (17,9%) é o dobro da taxa geral (8,7%).

Apesar de uma queda constante do máximo de 24,7% alcançado em fevereiro de 2013, no pior momento da recessão na zona do euro, o desemprego juvenil continua acima dos 15,1% de fevereiro de 2008, antes da quebra do Lehman Brothers, que levou à crise da dívida.

A desocupação entre os jovens, contudo, tende a ser superior ao geral por motivos estruturais, já que eles chegam sem nenhuma experiência ao mercado de trabalho.

“Sua inserção é uma sucessão de testes e erros que precisa de várias idas e vindas ao desemprego, antes de encontrar um posto adequado”, resume Stéphane Carcillo, economista da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

– Mais sensíveis à conjuntura –

Com a recuperação econômica, que começou no final de 2013, o desemprego como um todo, que atingiu um pico de 12,1% entre abril e junho de 2013, também caiu. Mas o desemprego juvenil é mais “sensível à conjuntura” por causa da “flexibilidade dos contratos”, segundo Carcillo.

“Quando a economia avança, as empresas assinam contratos rapidamente de entre três e seis meses. Quando ela patina, eles se desfazem de seus trabalhadores temporários”, diz o economista da OCDE.

A situação dos ativos com menos de 25 anos nos 19 países da zona do euro é desigual. A Alemanha, a principal economia europeia, registrou desemprego juvenil de 6,6% em dezembro de 2017, e a Áustria, de 9,3%, bem abaixo do dos países do sul da Europa.

Nestes, mais atingidos pela crise da dívida, a taxa foi superior a 20% em dezembro de 2017: 40,8% na Grécia (dados de outubro), 36,8% na Espanha, 32,2% na Itália e 22%,1% em Portugal.

– ‘Garantia’ limitada –

Em um estudo publicado em novembro de 2017, a Fundação Bertelsmann apontou que, na Grécia, a taxa de desemprego juvenil de longo prazo (mais de 12 meses) aumentou, “passando de 6,5% em 2008 para 22,9% em 2016”.

Em 2013, os líderes europeus mobilizaram-se para criar o programa “Garantia para a Juventude”, financiado pelo orçamento comunitário, que propôs uma formação, ou um trabalho, nos quatro meses seguintes ao fim dos estudos ou à perda de um emprego.

Seu efeito foi limitado. “Você não vê isso nas estatísticas”, diz Brenke. Menos duro, Carcillo acredita que, pelo menos, servirá para chamar a atenção para este problema.

“Além do problema do desemprego, há também a questão da remuneração desses jovens e suas perspectivas de longo prazo”, diz Dhéret, que ressalta que “essa é a primeira geração que acredita que vai ficar pior economicamente que seus pais”.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concorda. Em um estudo publicado há uma semana, ele ressalta que, desde 2007, “a diferença de renda entre gerações na Europa aumentou em detrimento dos jovens” e que “sem uma política adequada”, “uma geração inteira nunca se recuperará”.

O relatório acrescenta: “Para reduzir o risco de que os jovens empobreçam e percam seus rendimentos para a vida, é essencial facilitar sua integração ao mercado de trabalho”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
2
Padre Paulo Ricardo
Nossos tempos são os últimos? A Irmã Lúcia responde
3
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
4
DOMINIKANIN, SZCZEPIONKA COVID
Jesús V. Picón
Padre desenvolve vacina contra Covid-19 para os pobres
5
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
6
FATHER RANIERO CANTALAMESSA
Vatican News
Cuidado com a hipocrisia: a pureza de coração é condição para ver...
7
NIEPOKALANE POCZĘCIE
Reportagem local
Nossa Senhora se ajoelha no Céu toda vez que rezamos esta oração
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia