Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Vídeo: menino de 3 anos emociona ao brincar de ser padre e fazer Adoração

Compartilhar

O vídeo viralizou e está emocionando o Brasil

O pequeno Benjamim tem apenas 3 anos e, como ressalta seu pai, “nem fala direito ainda”, mas, brincando de ser padre e conduzir momentos de Adoração ao Santíssimo, tem comovido muitas pessoas, a começar pela própria família.

Adriano Rodrigues, de Taubaté (SP), compartilhou com a ACI Digital vídeos e fotos em que seu filho mais novo, Benjamim, brinca de padre, conduz momentos de Adoração ao Santíssimo, dá a bênção com a cruz.

Segundo ele, tudo isso teve início por uma iniciativa própria do menino. “Na verdade, somos católicos praticantes e sempre o levamos” à Missa e às atividades na Igreja, contou Rodrigues, cuja família frequenta a Paróquia de São Sebastião na cidade paulista.

Ele lembrou que tudo começou quando a criança tinha cerca de 2 anos e passou a pegar “um crucifixo” que o pai usava. “Então, comprei uma cruz na Canção Nova”, objeto que o pequeno “chama de amém”.

“Então, ele vendo as Missas na televisão, começou a pegar as minhas camisas para usar como batina e a chave para usar como turíbulo”, recordou. “Hoje, canta as canções e faz procissão do Santíssimo”.

Para Adriano Rodrigues, essa iniciativa do pequeno Benjamim tem sido um testemunho que ele vivencia dentro da própria casa. “Deus tem usado meu filho para que eu seja um cristão melhor, acredito que seja isso”, indicou.

“Na verdade, vivemos em um tempo no qual estamos muito antenados às mídias sociais etc. Porém, nossos filhos vivem o nosso testemunho e, se não prestarmos atenção, essa pureza passa e nem nos damos conta”, ressaltou.

Nesse sentido, considerou “importantíssimo que prestemos mais atenção aos sinais de Deus na nossa vida”.

No caso do pequeno Benjamim, Adriano Rodrigues observou como ele vibra “por Jesus, louva do jeito dele, pois nem fala direito ainda”.

“Jesus disse que era para deixar que as crianças fossem até a Ele. Glória a Deus por isso!”, concluiu.

(via ACIdigital)