Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Vídeo: o atentado à bomba na capelinha das aparições em Fátima

Compartilhar

O pedido de Nossa Senhora foi claro: “Quero que façam aqui uma capela em minha honra”

No dia 6 de janeiro de 2018, completaram-se 96 anos do atentado à bomba que destruiu parcialmente a Capelinha das Aparições, na madrugada de 6 de março de 1922. No mesmo ano, foi reconstruída, tendo sido reinaugurada a 13 de Janeiro de 1923.

A Capelinha foi construída no local das Aparições, entre 28 de Abril a 15 de Junho de 1919, como resposta ao pedido de Nossa Senhora: “Quero que façam aqui uma capela em minha honra”. O pedestal onde se encontra a Imagem de Nossa Senhora marca o sítio da pequena azinheira, sobre a qual a Virgem apareceu.

Embora sujeita a ligeiras alterações, a Capelinha mantém os traços originais.

O atual alpendre foi inaugurado aquando da visita do Papa São João Paulo II em Maio de 1982. Em 1988, Ano Mariano, o teto foi forrado com madeira de pinho, proveniente da Rússia, norte da Sibéria. Foi escolhida esta madeira pelas suas características de leveza e durabilidade.

Várias celebrações são realizadas diariamente na Capelinha das Aparições, que é o coração do Santuário de Fátima e uma das suas maiores relíquias.

Se não conseguir visualizar o vídeo, clique aqui.

(via Santuário de Fátima)

Tags:
aparicoes