Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Os devotos da Virgem Maria sempre são muito abençoados por ela

Compartilhar

Como não acreditar?

Cada dia eu me convenço mais de que existem santos anônimos entre nós. São aqueles que passam despercebidos. Nós os reconhecemos por sua humildade, seu amor a Jesus Sacramentado e sua profunda devoção mariana.

Quase todos são grandes devotos da Virgem e entregam a Ela as suas vidas e a pureza de suas almas. Nossa Senhora é uma grande guardiã de almas. Ela nos protege, confiando-nos a seu Filho, Jesus.

Observe esta “conversa”:

 – “Olha, Filho, este rapaz! E se você lhe desse as graças que ele pede, para consertar sua vida?”

– “Mãe, já lhe demos graças suficientes ao longo do tempo.”

Ela sorri e lança aquele olhar maternal, a que Ele não consegue resistir.

– “Está bem, Mãe, farei isso por você.”

Que filho não move céu e terra por sua mãe?

Certa vez, fui a uma loja em busca de alguns materiais. Um dos vendedores se aproximou e eu notei que ele estava sussurrando uma oração. Era um senhor mais velho, muito humilde e alegre. Ele me atendeu da forma mais cortês que você pode imaginar.

– “Permite-me saber o que você fazia?”, perguntei-lhe.

– “Com muito gosto”, respondeu. E acrescentou: “estava rezando uma Ave-Maria. Rezo várias vezes ao longo do dia para honrar nossa mãe do céu.”

Hoje, estou na casa de minha mãe. Decidi passar um tempo com ela e escrever alguns artigos aqui mesmo. Ela me serviu pão quentinho e um café para animar.

Minha mãe me conta sobre uma senhora da Costa Rica muito devota de Nossa Senhora. Ela rezava o terço todos os dias. No dia em que ela morreu, algo extraordinário aconteceu: quando o carro fúnebre saiu da casa dela, um bando de pombas acompanhou o veículo, sobrevoando todo o féretro, até o cemitério.

Os devotos da Virgem sempre são muito abençoados por ela. Certa vez, li que “sinal seguro de santidade é a devoção à Santíssima Virgem Maria”. E não é? 

Sim, eu conheci alguns santos anônimos. O curioso é que eles não sabem que são santos e se sentem indignos da proximidade de Jesus. São pessoas especiais, que guardam com fervor seu estado de graça. São humildes, alegres, simples, bondosas, misericordiosas, que gostam da presença de Deus e de honrar a Virgem Santíssima. Essas pessoas perdoam com facilidade e amam a todos.

O mundo ainda tem esperança, já que milhões de santos anônimos, com suas orações, ajudam-nos a sermos melhores e a perseverarmos na vida.

O chamado à santidade não é algo novo. A Bíblia está cheia de referências, principalmente ao chamado de Deus para que sejamos santos e puros de coração.

Ao longo dos anos, percebi que, sem a graça de Deus, nada podemos. “Se perco a graça, perco tudo”.

Preserve seu estado de graça como um tesouro. Se você o perder, levante-se. Vá a uma igreja, procure um padre, confesse-se e, depois, comece novamente. Encomende-se à Virgem Maria. Ela, como nossa Mãe espiritual, vai nos ajudar. E não se preocupe, pois nosso Deus é o Deus das oportunidades.

Deus te abençoe e a Virgem Santíssima te acompanhe sempre!