Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A emocionante reação de uma mãe ao saber que sua recém-nascida tem Down

BIRTH
Compartilhar

Depois de 5 gestações, ela não esperava tanta surpresa

Amber Rojas passou recentemente pelo seu quinto parto. Mãe experiente, desta vez ela quis deixar “algo na imaginação”, de modo que preferiu não saber o sexo do bebê.

Ela e o marido, Fernando Reign, decidiram pelo parto normal e se prepararam para que o bebê nascesse em uma banheira cheia de água.

Tudo foi muito rápido. Amber, de 35 anos, começou a sofrer as dores e logo a cabecinha da criança já estava apontando. Era uma menininha, a quem a família deu o nome de Amadeus.

 “Eu senti que ela era diferente dos meus outros quatro filhos”

Mas as surpresas nunca chegam sozinhas. Quando conheceu sua nova filhinha, Amber notou algo especial: “todos os bebês têm os olhos pequenos, mas notei que os dela eram diferentes. E senti algo diferente do que tinha sentido com meus outros quatro filhos”, disse a mãe em uma entrevista.

A parteira logo veio com a notícia: “sua filha tem síndrome de Down.” Foi quando, no interior de Amber, surgiu uma força extraordinária.

 “Todos os filhos precisam de amor e aceitação”

“Todos os meus filhos têm necessidades especiais: dependem de mim para revisar matemática ou ler. Todos precisam de amor e aceitação”, explicou Amber.

Ver a alegria dessa mulher, do marido e dos quatro filhos em um vídeo compartilhado nas redes sociais é emocionante. Os quatro se aproximam da bebezinha e enchem-na de carinho e atenção.

“Para nós ela é como os nossos outros bebês. Precisa de leite. Chora quando está molhada ou quando não está gostando de algo. Sorri quando nos vê. Estamos felizes com sua fortaleza”, afirmou a mamãe.

Reações no Facebook

Amber confessa que nem todos os comentários que recebeu ao publicar o vídeo do nascimento de Amadeus no Facebook foram positivos. “Mas, no fim das contas, ela é nossa filha e nós somos a família dela. Para nós, ela é perfeita! Não vemos seu diagnóstico nem sua etiqueta, vemos Amadeus Reign Rojas”, desabafou.

A mãe ainda acrescentou: “os bebês com síndrome de Down só querem ser vistos e tratados como as outras pessoas. Eu sempre estarei disposta a compartilhar minha experiência e ensinar a quem esteja aberto a aprender conosco um pouco deste caminho que agora empreendemos”.

Amadeus, que para a família é Ami, nasceu também com uma malformação congênita no coração. Ela precisou ficar uns dias no hospital depois de passar por uma cirurgia.

Agora, está se recuperando e continua recebendo mensagens de apoio vindas dos quatro cantos do mundo, através do Facebook.