Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Estilo de vida

7 sinais para saber se você está educando bem seus filhos

PARENTING

Monkey business images - Shutterstock

Luz Ivonne Ream - publicado em 24/04/18

“Educar não é dar uma carreira para se viver, mas sim temperar a alma para enfrentar as dificuldades da vida” - Pitágoras

Atualmente, não podemos dizer que ninguém nos ensinou a ser pais. Temos um leque enorme de ferramentas e possibilidades que torna esta tarefa mais simples e acessível.

Se bem que cada indivíduo é único e com necessidades específicas, né? Mas em assuntos básicos, a educação é universal.

A magia da educação é saber, como pais, tirar o melhor de cada um de nossos filhos. Formá-los e dirigi-los são uma maravilhosa aventura, na qual não dá pra embarcarmos sozinhos.

Mas, como saber se estamos educando bem os nossos filhos?

Existem pais – a maioria, na minha opinião – que fazem um trabalho maravilhoso e que deixam 7 sinais que mostram que seus filhos estão sendo bem criados. A lista foi feita pelo psicólogo clínico e escritor Nadene van der Linden, com base em anos de experiência. Veja quais são estes sinais:

  1. Filhos bem criados expressam amplamente suas emoções (raiva, tristeza e medo) na frente dos pais. Isso é sinal que eles se sentem emocionalmente seguros com os seus pais e têm uma boa relação com eles;
  2. Os filhos que foram bem educados procuram os pais quando enfrentam algum problema. Isso quer dizer que eles tiveram uma base segura e podem voltar quando precisam de ajuda, porque os pais e filhos são abertos à comunicação;
  3. Os filhos podem discutir sobre pensamentos e sentimentos sem medo da reação dos pais. Isso é um sinal positivo de uma relação receptiva, aberta e flexível;
  4. Os filhos encaram a opinião dos pais como um comentário, não como uma crítica ou taxação. Ou seja: os pais emitem opiniões (não críticas) sobre o comportamento, e, não, sobre o filho. Eles também evitam taxá-los de “maus”, “burros”, “invejosos” e “frouxos”;
  5. Os pais que educam bem incentivam os filhos a perseguir os sonhos e interesses próprios, destacando os talentos dos filhos. As crianças são, desde cedo, incentivadas a sobressair em algo que elas amam. Isso as ajuda a ter uma sensação de domínio e sucesso;
  6. Os pais estabelecem limites de comportamento para manter seus filhos seguros. Isso ajuda os filhos a se sentirem amados e valorizados, mesmo que eles não concordem com os pais;
  7. Pais que fazem um bom trabalho educativo reparam seus erros diante dos filhos. São pais que têm facilidade de se explicar e pedir perdão.

Agora o outro lado da moeda. Enunciarei os sinais dos pais que têm uma oportunidade considerável para fazer mudanças pertinentes: os filhos não ajudam em casa, fazem birras frequentes dentro e fora do lar, não obedecem, sempre querem mais e são insatisfeitos com tudo, ignoram as regras básicas de comportamento e convivência, são controladores, gostam de manipular os adultos, são chantagistas e só sobrevivem por meio de subornos.

A lista pode seguir… Mas não é para que você jogue a toalha e se sinta um pai fracassado ou uma mãe frustrada. Não. É, simplesmente, para que você veja que ainda há tempo e muita coisa a fazer. Talvez seria bom buscar ajuda externa…

Pais, lembrem-se que se Deus confiou um filho a vocês, vocês são capazes de suportar esta grande responsabilidade. É questão de vontade, de querer fazer bem. Como disse antes, trata-se de reforçar as áreas de oportunidade (o que não é nada impossível).

Amar é educar e educar é amar. A educação é um ato, um processo dinâmico que nasce e morre com o homem. Seus filhos têm os melhores educadores, a quem chamam de papai e mamãe.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
EducaçãoEducação dos FilhosFamíliaPaternidade
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia