Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Síria bloqueia ajuda humanitária após retomada de Ghuta Oriental

SYRIA
Shutterstock.com
Compartilhar

Duas semanas depois que as forças militares tomaram o controle de Ghuta Oriental, o governo da Síria ainda não autorizou a entrada da ajuda humanitária à cidade de Duma, informou nesta quarta-feira a secretária-geral da ONU para Assuntos Humanitários.

Ursula Mueller assinalou ao Conselho de Segurança das Nações Unidas que a situação em Idlib, localidade controlada pelos rebeldes, é catastrófica, com milhares de sírios de Ghuta Oriental e outras partes buscando refúgio no lugar.

Cerca de 70.000 pessoas precisam desesparadamente de ajuda em Duma depois de uma das batalhas mais intensas na guerra de sete anos na Síria.

As forças sírias retomaram o controle total de Ghuta Oriental em 12 de abril.

Com quase 400.000 pessoas deslocadas desde dezembro e milhares chegando de outras partes, Idlib também foi atingida por ataques aéreos nas últimas semanas à medida que continuam os combates com os rebeldes.

(AFP)

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.