Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Atualidade

Cúpula Trump-Kim: de reações positivas a alertas de desconfiança

DONALD TRUMP

Official White House Photo by Andrea Hanks

Agências de Notícias - publicado em 12/06/18

O histórico aperto de mãos e o acordo sobre a desnuclearização da península coreana alcançado entre o presidente americano, Donald Trump, e o dirigente norte-coreano, Kim Jong Un, em Singapura provocou no mundo nesta terça-feira reações positivas, mas também prudentes:

Seul: “Um acontecimento histórico”

“O acordo de Sentosa de 12 de junho ficará registrado na história mundial como um acontecimento que pôs fim à Guerra Fria”, declarou o presidente sul-coreano Moon Jae-in depois da reunião entre ambos os dirigentes.

Prestou homenagem a Kim Jong Un e a Donald Trump por sua “coragem e resolução”.

Pequim: “O começo de uma nova história”

“Hoje, o fato de os principais dirigentes dos dois países se sentarem juntos para negociações de igual a igual tem um significado importante e constitui o começo de uma nova história”, informou à imprensa o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi.

“A China se alegra e dá seu apoio”, acrescentou o ministro, perguntado se seu país se sente marginalizado pela aproximação entre Washington e Pyongyang. “Trata-se de um objetivo que esperávamos e pelo o qual trabalhamos”, disse.

Wang defendeu uma “desnuclearização total”, como exigem os Estados Unidos.

“Ao mesmo tempo é preciso um processo de paz para a península (coreana) para resolver as preocupações razoáveis da Coreia do Norte em matéria de segurança”, afirmou o ministro chinês. “Ninguém pode duvidar do papel importante e único desempenhado pela China. E este papel continuará”, prometeu.

ONU: “marco importante”

O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, classificou a cúpula de “marco importante” em relação à desnuclearização da península da Coreia.

Guterres insistiu que se “aproveite esta oportunidade trascendental” e ofereceu novamente a ajuda da ONU para obter o objetivo de desmantelar o programa de armas nucleares da Coreia do Norte.

Moscou: “Um passo importante”

“O simples fato de que esta reunião tenha acontecido já é positivo”, celebrou o chefe da diplomacia russa Serguéi Lavrov.

“Só podemos dar as boas-vindas ao fato de que se deu um importante passo em frente. Claro, o diabo está nos detalhes e temos que olhar concretamente para isso. Mas o impulso, pelo que entendemos, aconteceu”, disse o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, à agência TASS.

Tóquio: “Um primeiro passo”

A intenção de Kim Jong Un “de ver uma desnuclearização completa da península coreana foi confirmada por escrito. Eu apoio este primeiro passo em direção a uma resolução do conjunto dos assuntos que concernem à Coreia do Norte”, declarou o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe.

Paris: “Não esqueçam o Irã”

O documento assinado por Donald Trump e Kim Jong Un é um “passo significativo”, saudou a ministra francesa das Relações Europeias Nathalie Loiseau, embora tenha manifestado dúvidas de que “tenha se conseguido tudo em poucas horas”.

No entanto, a ministra lamentou que Washington tenha dois pesos e duas medidas, já que recentemente se retirou do acordo nuclear iraniano. Esse acordo internacional alcançado com Teerã em 2015 “é respeitado pelo Irã”, enquanto que “assinar um documento com Kim Jong Un que chegou tão longe para obter a arma nuclear, está praticamente recompensando alguém que esteve contra todos os tratados internacionais”, estimou.

União Europeia: “Um passo crucial”

A cúpula de Singapura “foi um passo crucial e necessário, disse em uma declaração a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

“O objetivo final, compartilhado por toda a comunidade internacional e expresso pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, continua sendo a desnuclearização completa, verificável e irreversível da península da Coreia”, lembrou. A declaração conjunta assinada por Trump e Kim “dá um claro sinal de que este objetivo pode ser atingido”.

AIEA: “pronta verificações”

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) está “pronta para efetuar toda atividade de verificação” nas instalações nucleares norte-coreanas caso Washington e Pyongyang solicitem, afirmou seu secretário-geral Yukiya Amano, que “saúda” o resultado da cúpula.

Varsóvia: “Cuidado com ditador cruel”

“Temos que estar conscientes do fato de que foi uma reunião e negociações com um ditador cruel”, disse Jacek Sasin, chefe do comitê permanente do Conselho de Ministros polonês.

“Historicamente, acordos como esses, com ditadores, costumam terminar mal. Foi demostrado que um ditador tem objetivos distintos da parte democrática que busca a paz. Este foi o caso de Hitler, de Stalin, durante as tentativas de boas relações com outros ditadores ” (…) Espero que desta vez seja diferente”, acrescentou.

Oslo: “Começa o trabalho”

“Eu acho positivo que tenha havido discussões que, visivelmente, se realizaram em um bom tom. A declaração resultante tem muitos pontos em comum com declarações similares que vimos no passado. É agora que começa uma grande parte do trabalho”, disse a Ministra das Relações Exteriores da Noruega, Ine Eriksen Søreide, que considerou que “há muito o que fazer”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia