Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Os 7 motivos de estresse no trabalho – e como corrigi-los

THINK
mimagephotography - Shutterstock
Compartilhar

Depois de identificá-los, você pode tratá-los

O termo “estresse” é usado para descrever a tensão fisiológica e psicológica criada pelas demandas de nosso meio ambiente (estressores), que criam uma reação emocional desagradável.

No trabalho, é difícil não ser vítima de estresse devido a situações frequentes que criam momentos de tensão.

Os funcionários experimentam estresse no local de trabalho por várias razões, mas em termos gerais, acontece quando seu trabalho exige mais do que eles podem gerenciar confortavelmente.

Trabalhadores estressados começam a sofrer o esgotamento emocional e físico, em detrimento não só de si mesmos, mas também de seu ambiente imediato e sua produtividade, que sofre devido à resultante falta de motivação.

Algumas das causas mais frequentes de estresse no local de trabalho:

  1. O chefe

Ser um chefe não é necessariamente o mesmo que ser um líder. Um chefe que é um verdadeiro líder organiza o trabalho de tal forma que seus trabalhadores possam aproveitar ao máximo suas habilidades, sem atingir um ponto crítico de estresse. Se, pelo contrário, você vê que seu chefe se comporta com ansiedade ou agressão, apenas se concentre em suas próprias responsabilidades, sem reagir a provocações.

  1. Planejamento ruim da distribuição do trabalho e dos prazos

Muitas empresas não sabem distribuir as tarefas e, como consequência, alguns funcionários têm tarefas fáceis enquanto outros estão sobrecarregados. De mãos dadas com os trabalhadores sobrecarregados com o trabalho, vai o fato de ter que terminar as tarefas enquanto trabalha contra o relógio. Os prazos apertados elevam os níveis de cortisol do corpo, o hormônio que causa estresse. Isso aumenta nossa ansiedade, diminuindo nossa capacidade de resolver problemas.

  1. Expressões faciais

Sim, embora você não acredite, um rosto irritado ou rabugento pode influenciar o ambiente emocional de um escritório. Felizmente, um rosto sorridente também influencia. De acordo com pesquisadores da Universidade do Kansas, um sorriso nos ajuda a nos sentir melhor depois de um episódio estressante.

  1. O peso da responsabilidade

Pessoas que coordenam equipes ou que, se cometerem um único erro, podem perturbar toda a cadeia de processos de trabalho, têm um alto nível de responsabilidade, o que pode levar a que se sintam sobrecarregadas e estressadas. Os trabalhadores que precisam estar concentrados total e constantemente durante longos períodos de tempo, ou que recebem queixas constantes, também podem se tornar esgotados mentalmente e acabar estressados ​​pelo trabalho.

  1. Maus colegas de trabalhos

Um colega de trabalho que é egoísta e/ou mal-humorado é ruim para você. De acordo com estudos realizados na Universidade da Califórnia, o mau humor ou um humor negativo pode ser contagioso, assim como uma doença física pode ser. De acordo com estudos publicados em Psychological Science, se estamos sorrindo quando enfrentamos estressores, isso reduz a intensidade da resposta do nosso organismo, o que significa que será mais fácil para nós manter a calma.

  1. Iluminação

A iluminação inadequada em um escritório pode causar tensão no olho, cansaço, dores de cabeça e, claro, estresse. Tente trabalhar em áreas onde há abundante luz natural.

  1. Ambiente e ruído

De acordo com estudos de saúde da NASA, uma planta não só torna nosso ambiente de trabalho mais acolhedor; também melhora a qualidade do ar. Vários estudos mostram que o contato com plantas – ao ar livre ou em ambientes fechados – reduz o estresse e aumenta a produtividade. Além disso, 25% das pessoas sofrem de estresse de ansiedade como resultado do ruído.

Se você estiver em um escritório onde há muito movimento e pouco espaço, você pode tentar usar fones de ouvido com música relaxante para reduzir sua exposição a sons altos que possam incomodar você.

De acordo com publicações em Organizational Behavior and Human Decision Processes, a culpa por nosso estresse nem sempre depende do nosso chefe ou do nosso ambiente; existe também um fator genético que determina nossa capacidade de controlar o estresse.

De um modo geral, as causas do estresse no local de trabalho não se limitam a apenas um fator, mas sim são o resultado de uma combinação de vários fatores, o que torna o problema mais sério e mais complicado.

Além disso, nem todas as pessoas reagem do mesmo modo aos estressores; consequentemente, situações que podem causar um alto nível de estresse para uma pessoa, podem resultar em estresse muito baixo – ou mesmo nenhum – para outra pessoa.

Portanto, é importante estudar a situação e analisar as causas do estresse no local de trabalho, de modo a tomar as contramedidas mais efetivas.