Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Outubro |
Aleteia logo
home iconEspiritualidade
line break icon

Sobre dias em que a vida é um verdadeiro ato de coragem

KOBIETA W OKNIE

Shutterstock

Talita Rodrigues - publicado em 10/09/18

Apenas um ato de coragem poderá mudar a sua história

Todos nós já tivemos dias que nos exigiram o mínimo de coragem para continuar.

Sempre digo que há dias que nos exigem um ato de coragem. Coragem para perdoar a nós mesmos por erros já cometidos, coragem para que possamos ser melhores a cada minuto.

Se pararmos para pensar, você não acha estranho a quantidade de dias em que nos sentimos vazios de coragem, e o quão corajosos precisaríamos ser nestes dias?

Eu diria que são dias em que não perdoamos nem a nós mesmos, dias em que estamos tristes e preferimos nos fechar como forma de proteção, a fim de ficarmos somente com a nossa própria companhia – acompanhada muitas vezes, de uma solidão e de um vazio que não possuem nenhum significado, mas que, de alguma maneira, permanecem ali.

São exatamente estes os dias que nos exigem um ato bravíssimo de coragem.

Coragem para (re)começarmos novamente, para olharmos para dentro de nós e ver aquilo que temos de pior – por mais desconfortável e doloroso que seja -, para que consigamos, enfim, perdoar a nós mesmos e finalmente seguir em frente com coragem.

A cura que tanto buscamos acontece sempre que temos um ato bravo de coragem, de encarar a nossa própria dor, e muitas vezes o nosso vazio existencial.

A cura que buscamos advém da consciência de que um dia (ou uma vida inteira) sempre exigirá de nós um ato bravo de coragem. Afinal, viver exige coragem e disposição suficiente para bancarmos aquilo que nos fará felizes.

Coragem suficiente para sermos o que gostaríamos de ter sido ontem e que talvez, pela falta de um ato de coragem, deixamos de ser.

Finalizo dizendo: tenha coragem para amar, para enxergar a si mesmo da forma mais bonita – não importam os revezes – e para viver, de fato.

Apenas um ato de coragem poderá mudar a sua e a minha história!

Tags:
solidaoVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
Don José María Aicua Marín
Dolors Massot
Padre morre de ataque cardíaco enquanto celebrava funeral
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia