Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Deus continua sendo bom

Compartilhar

Deus continua sendo bom, mesmo quando as coisas que você mais quer não acontecem

Quantas vezes em sua vida você questionou Deus sobre as coisas que você queria que acontecessem e que não acontecem? Quantas vezes você questionou Deus quando um dos seus maiores sonhos não se realizou? Todos nós já tivemos momentos assim, nos quais os nossos sonhos se desfalecem porque não se realizaram.

Durante os 25 anos da minha vida, houve vários dias em que eu me perguntei: “Por que você está abatida, ó minha alma, por que se perturba dentro de mim?” Nestes dias, eu garanto a você que as minhas lágrimas foram o meu alimento de dia e de noite.

Foi através do meu sofrimento, das noites em claro chorando e clamando a Deus para que a minha dor fosse embora, que eu compreendi o sentido da dor intensa que eu sentia no coração, ao mesmo tempo em que eu percebia, da forma mais dolorosa, o quando Deus estava sendo bom mesmo quando um dos meus maiores sonhos se desfalecia.

Foi através da minha dor que eu descobri que a minha ferida aberta carregava uma joia preciosa. Joia essa que foi construída e lapidada da forma mais linda possível através do meu sofrimento, e que trouxe o verdadeiro sentido para a minha alma inquieta.

Descobri diante e através de toda dor que eu senti, que o mais importante não era o contexto de sofrimento e dor em que minha história se encontrava, mas sim como eu me portei dentro da história que eu contei, com Deus. Me lembrei de que eu fui salva pelo sofrimento e pela dor de Jesus Cristo, sofrimento esse que também carregava uma joia: a minha e a sua salvação.

A partir daí, entendi que a joia que a minha dor carregava, de alguma forma, servirá para a minha salvação. Entendi também que o segredo está no “Esperar em Deus”, com a confiança de que eu ainda o louvarei por sonhar e planejar de uma forma mais bonita do que eu mesma.

Deus está no controle, e devemos pedir para que Ele nos amarre nEle para que não desistamos diante da dor e do sofrimento, a fim de alcançarmos o diamante que dará sentido e calma às nossas almas, muitas das vezes inquietas.

Eu me lembro todos os dias de que Deus continua sendo bom, mesmo quando as coisas com que eu mais sonho não se realizam. Para tudo um propósito, para tudo uma razão, para tudo a certeza de que tudo voltará a ficar bem, para tudo… as mãos de Deus sobre mim.