Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 24 Julho |
home iconReligião
line break icon

Diocese esclarece: “bispo” detido por abuso sexual não pertence à Igreja Católica

Alexandre Barroso - Twitter, via ACI Digital

ACI Digital - publicado em 08/11/18

"Tudo isso pode causar confusão aos fiéis, por isso queremos esclarecer que o Sr. Alexander Barroso não pertence à Igreja Católica"

A Diocese de Cabimas (Venezuela) emitiu um comunicado para esclarecer os fiéis de que Alexander Barroso, que foi detido por abusos sexuais e identificado pela imprensa como “bispo” não pertence à Igreja Católica, mas à igreja anglicana.

Na semana passada Alexander Barroso foi preso no município de Cabimas, no estado de Zulia, acusado de abusos sexuais contra um menor de 12 anos e de outras quatro mulheres em atos isolados.

Barroso foi identificado pela imprensa como sacerdote e bispo, esclarecendo em alguns meios que pertence a uma igreja anglicana.

Isso foi ratificado pela Diocese Católica de Cabimas em um comunicado publicado no Facebook da Conferência Episcopal Venezuelana (CEV), a fim de esclarecer “as dúvidas que possam surgir” entre os fiéis católicos.

Em seu comunicado, a diocese explicou que “a Igreja Anglicana usa sinais, distintivos e cargos tomados da Igreja Católica tais como paramentos para celebrar o seu culto e títulos como ‘bispo’, ‘presbítero’, ‘diácono’, que são tradicionais do catolicismo”.

“Tudo isso pode causar confusão aos fiéis, por isso queremos esclarecer que o Sr. Alexander Barroso não pertence à Igreja Católica nem ao presbitério da Diocese de Cabimas, nem tem o poder ordinário de um bispo católico”, mas “é associado à Igreja Anglicana”.

“Colocamos este caso lamentável nas mãos de Deus e confiamos que a justiça, tanto divina quanto humana, saberá esclarecer a verdade para a conformidade de todos os envolvidos”, concluiu o comunicado.

_________

Publicado por ACI Digital

Tags:
Abusos Sexuais
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
Atriz Claudia Rodrigues
Reportagem local
Assessora pede orações por atriz Claudia Rodrigues: “está m...
6
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
7
Orfa Astorga
Até que idade é saudável morar na casa dos pais?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia