Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Sálvio
home iconEstilo de vida
line break icon

Por que pode ser tão difícil pedir perdão

© Martin Novak/SHUTTERSTOCK

Dolors Massot - publicado em 25/11/18

Resistir é muito humano, mas precisamos superar isso

O perdão é algo que todos nós queremos e, ao mesmo tempo, muitas vezes temos dificuldade em pedir.

Quando fazemos algo errado, tentamos imediatamente encobrir isso: passamos para outro tópico de conversa, distraímos a atenção sobre isso etc. Nós varremos para debaixo do tapete e agimos como se nada tivesse acontecido. A verdade é que não estamos enganando ninguém, mas, por algum motivo, pode ser muito difícil dar esse passo de dizer: “Sinto muito. Por favor me perdoe”.

Por que é tão difícil pedir perdão?

  1. Um erro leva facilmente a outro. Uma vez que transgredimos de uma maneira, é mais fácil transgredir em outra para tentar encobrir ou “consertar” o fato. É mais fácil quebrar outra regra do que admitir que estamos errados. Nós não percebemos que estamos apenas tornando tudo pior.
  2. Nosso orgulho e vaidade nos fazem acreditar que pedir perdão significa nos rebaixar de alguma forma, diminuindo nossa estatura ou nossa imagem de perfeição. Não percebemos que reconhecer nossas falhas e pedir perdão nos tornará mais humanos, confiáveis ​​e respeitáveis.
  3. Tentamos silenciar nossa consciência e justificar o que fizemos de errado: “Você fez o que tinha que fazer” e “Não houve solução…”

Recusar-se a ser humilde e pedir para ser perdoado é perigoso, porque com o tempo isso pode deformar nossa consciência. Nossa consciência é a companheira de nossa alma, nosso GPS moral. No entanto, nossa consciência está aberta a ser formada ou deformada pelas verdades ou mentiras que alimentamos. Com cada decisão que tomamos, seguindo ou rejeitando o que a nossa consciência e razão nos dizem que é certo, nós fazemos a nossa consciência mais fortemente orientada para o bem ou nós a conduzimos para fora do caminho certo. Se justificarmos o erro que cometemos, da próxima vez que nos encontrarmos na mesma situação, parecerá menos ruim e, no final, começará a parecer bom para nós. Não pediremos para ser perdoados, porque deixaremos de reconhecer que fizemos algo errado.

Podemos ver essa deformação de consciência nas pessoas ao nosso redor diariamente. Na verdade, vemos que há pessoas que nunca pedem perdão, apesar de serem responsáveis ​​por crimes graves. Outras pessoas, mesmo que o que elas fizeram não seja tão sério, nunca admitem que fizeram algo errado. É difícil saber o quanto elas realmente acreditam em sua própria inocência, mas em alguns casos parece que realmente se cegaram para suas próprias falhas.

Como podemos criar um ambiente que facilite pedir perdão?

Em primeiro lugar, todos nós devemos nos transformar. Transformação envolve decidir desfazer o erro que cometemos e não fazer de novo. Uma maneira de praticar isso é criar o hábito de pedir perdão sempre que precisarmos, mesmo quando falhamos apenas em pequenas coisas. Isso nos preparará para pedir perdão no dia em que (e se) nós cometermos uma ofensa mais séria. Mas a transformação do coração é, como os crentes entendem, um presente de Deus, que nunca nega as coisas boas àqueles que pedem. Precisamos pedir-lhe muitas vezes o dom de contrição e conversão.

Em segundo lugar, temos que ajudar as outras pessoas que fizeram o errado a buscar o perdão. Quando surge um momento oportuno, podemos explicar-lhes o que eles fizeram e ajudá-los a entender por que estavam errados e por que precisam pedir perdão (e, quando somos ofendidos, devemos deixar claro que estamos dispostos a perdoar). Precisamos que eles saibam que os amamos apesar de suas falhas, e que reconhecemos nossas próprias falhas e precisamos ser perdoados.

Em terceiro lugar, temos que ser misericordiosos com aqueles que se recusam a pedir perdão. Pessoas que não pedem perdão carregam sofrimento em suas almas. Eles são infelizes, mesmo que não admitam para si mesmos; eles merecem nossa compaixão. Santo Agostinho de Hipona diz que “a misericórdia é a verdadeira compaixão pela miséria alheia”.

Em quarto lugar, o perdão traz uma série de benefícios para aqueles que fizeram o mal. Pode trazer reconciliação muito necessária, às vezes depois de muitos anos. Quando os benefícios de receber o perdão são claros, pode ser uma forte motivação para as pessoas admitirem suas falhas e pedirem perdão.

Pedir perdão é difícil, mas vale a pena

Mesmo que os outros não nos perdoem, o ato de reconhecer humildemente nossas falhas e pedir perdão (de Deus e daqueles que ofendemos) liberta-nos do fardo da culpa. A contrição é muito mais autêntica e completa quando aqueles que buscam o perdão procuram ativamente reparar o dano que causaram.

Ao estabelecer um exemplo de perdoar e buscar perdão, criamos um mundo de maior honestidade e transparência, onde os relacionamentos são mais fortes e a paz é possível.

Texto original escrito por: Dolors Massot e Matthew Green

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
PerdãoRelacionamentoValores
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia