Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 19 Setembro |
Santos Mártires coreanos (AndréKim Taegon, Paulo Chong Hasang e 101 companheiros)
home iconAtualidade
line break icon

Governo venezuelano ocupa instalações da Goodyear após fechamento

SOLIDARITY

Fotos: José Cohén

Agências de Notícias - publicado em 30/12/18 - atualizado em 30/12/18

A Goodyear informou que foi forçada a encerrar suas operações

O governo venezuelano ordenou a ocupação das instalações da Goodyear, depois que, no último dia 10, a fabricante americana de pneus encerrou suas operações no país, segundo uma resolução do Ministério do Trabalho divulgada neste sábado.

Citando uma “violação dos direitos trabalhistas” de seus 1.160 funcionários, o ministério determinou a “ocupação imediata da C.A. Goodyear da Venezuela”, assinala o texto, publicado no diário oficial.

A fábrica da empresa na zona industrial de Valencia já havia sido ocupada pelas autoridades, um dia após o seu fechamento.

Em sua resolução, o ministério também ordenou a retomada das atividades, e, alegando que a empresa foi abandonada por seus representantes, dispôs a formação de uma “junta administrativa especial” com delegados dos empregados e do sindicato do setor.

Em comunicado deixado na entrada da fábrica, a Goodyear informa que foi “forçada a encerrar suas operações”, o que o governo denunciou como um ato de “sabotagem e boicote”, solicitando que a Justiça investigue os representantes da empresa.

O governo incluiu a decisão da Goodyear em uma “escalada de ataques” ao plano econômico lançado pelo presidente Nicolás Maduro em agosto, que não conseguiu conter uma crise caracterizada pela escassez de insumos e produtos básicos e uma inflação que o FMI projeta em 10.000.000% para 2019.

A falta de peças de reposição e pneus, combinada com os preços elevados, fez com que 90% da fronta de transporte público ficasse parada.

Com o argumento de estar respondendo a boicotes, o governo venezuelano já havia ocupado instalações de outras empresas internacionais.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
7
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia