Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Está sendo redescoberto o significado sublime das catedrais?

Compartilhar

Incêndio em Notre Dame tem gerado reflexões relevantes sobre o propósito com que foram elevados a Deus esses templos impressionantes

Dom Henrique Soares da Costa, bispo de Palmares, em Pernambuco, escreveu a propósito da Catedral de Notre-Dame e, por extensão, de todas as catedrais do mundo: “é Casa de Deus; não é museu“.

Eis o seu texto completo, publicado via Facebook:

Não é um museu; não é templo da deusa cultura…
É Casa de Deus, Casa da Igreja, é Porta do Céu!

A Notre Dame de Paris foi erguida pelos habitantes de uma cidade de cerca de 50.000 habitantes. Não eram ricos… Levaram 182 anos para erguê-la…

Tinham fé intensa; viviam diante de Deus, colocavam em Cristo Jesus sua esperança e dedicavam à Santíssima Virgem todo o afeto filial! Para os parisienses da Idade Média, Deus não era uma ideia; era próprio eixo da vida, e o Cristo Jesus era a certeza mais certa da existência!

Uma Catedral vale, para os cristãos, como Casa de Deus e do Povo de Deus, não como museu ou referência cultural! O essencial é simples, límpido, transparente, jovial, quase pueril…

Os verdadeiros cristãos nunca pensaram em gerar uma cultura. Tinham e têm um amor, uma fé, uma esperança no coração. Seu nome? Jesus, nosso Senhor, o Filho Eterno do Pai, o Salvador do mundo!

É esta fé, total, inteira, generosa, menina, inocente, viçosa, que gera cultura de modo despretensioso, natural, límpido, humilde, sem nem saber, transforma vidas sem ter pretensões, ergue edifícios magníficos sem outra intenção que não a glória de Deus e do Seu Cristo.

Quem dera que a Notre Dame fosse reedificada pela fé dos católicos e não por dinheiro dos ilustres famosos e exóticos do mundo, que nesse Templo venerável não vêm mais que cultura e orgulho nacional…

A alma de Notre Dame é Deus! A vida de Notre Dame é a Eucaristia! O sentido de Notre Dame é a Igreja – gente pouca, simples, sem vez nem nome – que nela se reúne com Maria, a Mãe de Jesus para bendizer o Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, cujo Reino é imortal e subsistirá pelos séculos dos séculos. Amém.

Leia também: A misteriosa igreja erguida na fronteira deste mundo

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.