Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 25 Julho |
home iconEm foco
line break icon

Qual é o discernimento cristão sobre a Reforma da Previdência?

Photo by Cristian Newman on Unsplash

Francisco Borba Ribeiro Neto - publicado em 14/05/19

Infelizmente, a polarização ideológica e a falta de conhecimento aprofundado da doutrina social da Igreja levam a uma leitura frequentemente distorcida das preocupações expostas pelos bispos

O Conselho Permanente da CNBB, em Nota publicada no último 28 de março, se posicionou sobre a questão social mais debatida atualmente no Brasil: a reforma da Previdência. Os bispos, motivados por “valores ético-sociais e solidários” e orientados pela doutrina social da Igreja, se preocupavam com essa reforma e suas consequências sobre os mais pobres e fragilizados na sociedade.

Reconheciam que o sistema de Previdência, em nosso País, precisa ser avaliado e, se necessário, sofrer mudanças. Contudo, deixavam claro sua preocupação com a possibilidade da reforma penalizar os mais fragilizados na sociedade, ao invés de se orientar rumo à construção do bem comum.

Infelizmente, a polarização ideológica e a falta de conhecimento aprofundado da doutrina social da Igreja levam a uma leitura frequentemente distorcida das preocupações expostas pelos bispos. Aqueles que são contrários a uma possível reforma enfatizam as ressalvas e a preocupação com seu impacto sobre os mais pobres. Já os que desejam que aconteça a qualquer custo dizem: “vejam, até eles reconhecem que o sistema precisa ser avaliado e sofrer mudanças”.

Uma análise mais criteriosa das palavras dos bispos e dos critérios contidos no ensino social católico nos afastam, contudo, dessas simplificações esquemáticas. É bem verdade que a doutrina social da Igreja não é um programa político ou uma opção ideológica. Não quer se sobrepor ao debate social e às decisões políticas que cabem ao povo brasileiro, num contexto de sadia laicidade. A sabedoria cristã oferece, isso sim, critérios de discernimento éticos que ajudam a enfrentar mais adequadamente a esse e a outros problemas sociais.

Partindo desse princípio, o Ciclo de Estudos “Políticas públicas à luz da doutrina social da Igreja”, promovido pelo Núcleo Fé e Cultura da PUC-SP e pela Oficina Municipal, traz uma reflexão, a partir do magistério da Igreja, sobre a reforma da Previdência. O trabalho faz uma pequena caracterização dos pontos mais importantes e polêmicos da questão, elenca critérios de discernimento extraídos de documentos da Igreja e traz um vídeo no qual é entrevistado Wagner Balera, professor de Direitos Humanos na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, especialista em Direito Previdenciário.

O estudo mostra, em primeiro lugar, a importância de um olhar realista sobre a questão – lembrando que o realismo, que se contrapõe a qualquer reducionismo ideológico, é justamente um dos pilares de uma verdadeira postura cristã diante dos problemas. Constata a existência de um problema decorrente do envelhecimento da população e de outro decorrente da crise financeira do Estado brasileiro. São desafios reais, dos quais não se pode fugir com negativas ideológicas.

A superação desses desafios, como salientam os bispos em seu documento, não pode ser desvinculado de um critério ético de construção do bem comum e uma atenção especial pelos mais pobres e mais fragilizados. Nesse sentido, o professor Balera salienta que as desigualdades de remuneração no sistema previdenciário brasileiro, aliadas à crise financeira atual, ferem o princípio básico da própria criação dos sistemas públicos de Previdência Social, que é garantir uma aposentadoria digna para todos. Mostra que existem mecanismos possíveis para uma reforma realista, que atenda às necessidades dos mais pobres e respeite direitos adquiridos.

Associado ao material publicado no site, o Núcleo Fé e Cultura ainda propõe um trabalho de grupos de discussão online e respostas a dúvidas específicas. Os interessados podem obter mais informações pelo e-mail do projeto.

O estudo não apresenta soluções para esse grande problema, mas demonstra que as preocupações dos bispos não estão fora da realidade e que a doutrina social da Igreja pode ajudar a sociedade a travar um diálogo realista e solidário, que leve à construção do bem comum.

Links:https://olharintegral.com/doutrina-social-da-igreja-e-politicas-publicas-de-previdencia-social/

olharintegraldsi@gmail.com.

Tags:
BrasilCaridadeDoutrina Social da IgrejaEconomia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
7
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia