Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa aceita renúncia de bispo brasileiro acusado de acobertar abusos sexuais

Dom Vilson Dias de Oliveira
Captura de Tela / YouTube
Compartilhar

Caso está sendo investigado tanto pela Igreja quanto pelo Ministério Público do Estado de São Paulo

O Papa Francisco aceitou a renúncia de dom Vilson Dias de Oliveira ao governo da diocese brasileira de Limeira, SP, e nomeou dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida, como Administrador Apostólico durante a vacância daquela sede episcopal. Em paralelo, dom Vilson é alvo de processo movido pelo Ministério Público do Estado de São Paulo por acusações de acobertamento de abusos sexuais contra menores, perpetrados por um padre diocesano na cidade de Americana, também no interior paulista.

A confirmação da aceitação papal da renúncia de dom Vilson foi oficializada nesta sexta-feira, 17, pelo Vaticano.

Os abusos sob investigação envolvem o pe. Leandro Ricardo, suspenso do ministério sacerdotal por dom Vilson em 27 de janeiro deste ano, bem como afastado das funções de reitor e pároco da Basílica de Santo Antônio de Pádua, em Americana, “até que todas as denúncias sejam esclarecidas, conforme observância do Código de Direito Canônico“.

Ao renunciar ao governo pastoral da diocese de Limeira, dom Vilson deixou aos fiéis a carta reproduzida a seguir:

“Queridos irmãos e irmãs, nesses últimos meses enfrentamos todo tipo de cruzes, por meio de ataques à nossa Igreja Particular de Limeira, a mim e a vários presbíteros. Reconheço minhas limitações, mas também levo no coração todo amor que aqui recebi do bom Povo de Deus presente nos 16 municípios que compreendem esta Igreja Particular de Limeira.

Com imensa gratidão, digo-lhes que sempre fui muito bem acolhido e aceito pelo povo desta importante Diocese de Limeira. Hoje me despeço de vocês como Bispo Diocesano e peço minha renúncia por amor à Igreja de Cristo e pelo bem desta Diocese para que os trabalhos pastorais possam continuar crescendo e se fortalecendo com a doação incansável de cada um de vocês que se dedicam ao Reino de Deus.

Foram quase 12 anos de minha nomeação (13/06), em que tive a oportunidade de servir ao Senhor e à Santa Mãe Igreja nestas terras. Enfrentei com alegria cada desafio da realidade aqui encontrada. Sei que a dimensão pastoral é imensa, e muito trabalhei para isso. No entanto, neste momento, sinto-me pequeno frente à grandeza da missionariedade que esta Igreja Particular tomou em suas proporções.

Levo no meu coração este aprendizado, na confiança e certeza de que a obra é de Deus, e me coloco à disposição da Santa Mãe Igreja para servi-la não importando o lugar e o ministério a mim confiado por Deus daqui para frente.

Minha bênção episcopal na certeza de que o Espírito Santo conduz a Igreja e cada um dos diocesanos que aqui se doaram e se doam no serviço eclesial.

Que Deus, por intercessão de Nossa Senhora das Dores, padroeira da Diocese de Limeira, nos abençoe e nos guarde.

Em Cristo Jesus, nossa paz”.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.