Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O bebê está nu na hora do batismo! Pode isso, Igreja?

Compartilhar

Pode! Conheça o batismo por imersão, um dos ritos mais belos da nossa tradição católica!

O vídeo que mostra o batismo do bebê Gustavo achando graça em plena pia batismal é uma das histórias mais bonitas que já compartilhamos com os nossos leitores: ela gera centenas de sorrisos e palavras de “ternura e fofura” toda vez que a recordamos nas redes sociais – mas também levanta algumas dúvidas sobre um aspecto peculiar do rito realizado: o fato de que o bebê estava nu.

Isso é católico?

Alguns leitores estranham a tal ponto esse rito de batismo que perguntam se foi mesmo na Igreja católica. Sim, é na Igreja Católica Apostólica Romana.

De fato, em nossa Igreja, o rito mais comum e mais conhecido, no caso dos bebês, é o do batismo por aspersão, quando o sacerdote apenas derrama um pouco de água sobre a cabeça do batizando. Mas este não é o único rito presente em nossa tradição católica.

Batismo por imersão: que rito é esse?

Também existe, desde os primórdios da Igreja, o rito do batismo por imersão, em que o batizando é mergulhado na água: este foi o rito realizado no caso do pequeno Gustavo.

Encontramos exemplos de ambos os ritos, por aspersão e por imersão, tanto no Novo Testamento quanto ao longo de toda a história do cristianismo.

Muitas paróquias católicas mundo afora, inclusive no Brasil, vêm optando por esse rito, que é tão válido quanto o rito por aspersão.

“Achando graça” no batismo – literalmente!

Gustavo literalmente “achou graça” na hora de ser batizado! Durante a cerimônia do seu batismo por imersão, o sacerdote celebrante colocou o bebê três vezes na pia batismal enquanto pronunciava a fórmula sacramental “Eu te batizo em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo“.

Logo na primeira vez, em que a imersão foi parcial, Gustavo soltou uma gostosa e espontânea risada, do tipo que só os bebês conseguem dar, contagiando toda a igreja com a sua alegria.

Para completar essa verdadeira festa, o novo batizado ainda bateu palmas, acompanhando a assembleia que o aplaudia ao lhe dar as boas-vindas como católico!

O vídeo

Participe desta alegria você também assistindo ao vídeo:

Opção 1 – Vídeo via Facebook

 

Opção 2 – Vídeo via YouTube

 

Se você não conseguir visualizar nenhuma das opções por causa das configurações do seu navegador, clique aqui para ver o vídeo diretamente no YouTube.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.