Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Alto executivo de sucesso abandona vida de luxo e dinheiro para virar monge

MONTSERRAT,SPAIN

Lakov Filimonov | Shutterstock

Matthew Green - Dolors Massot - publicado em 14/06/19

Ele descobriu que a felicidade não está na riqueza e no luxo, mas sim na simplicidade da vida religiosa

A comunidade de monges beneditinos em Montserrat, Espanha, passou quatro anos sem receber novos membros. Mas, recentemente, isso mudou com a entrada de um candidato incomum: David Valls, um ex-executivo de 57 anos que trabalhou por muito tempo para uma empresa petrolífera multinacional.

“Eu era rico e levava uma vida de luxo, mas não estava feliz”, diz Valls em uma entrevista, para o El Mundo. Ele decidiu deixar para trás sua fortuna e entrar na vida religiosa, entregando-se à oração, ao celibato, à obediência e pobreza. “Agora, estou feliz. Dinheiro e poder me deixavam cada vez mais insatisfeito, até que eles me levaram a uma crise. Mas não foi uma crise de meia idade; foi uma crise de valores ”, reconheceu Valls.

Durante aquele período crítico, alguém o aconselhou a fazer um retiro na casa de hóspedes do mosteiro de Montserrat, localizado em uma região montanhosa do nordeste da Espanha, perto de Barcelona. É lá que ficam uma abadia beneditina e um importante santuário mariano. E foi nesse centro atemporal de espiritualidade que Deus mostrou a Valls o caminho a seguir. “Não foi uma coisa repentina que aconteceu em apenas um dia; foi um processo ”, explica ele.

Em um mundo em que dinheiro, fama, viagens, sexualidade e luxo são mais glorificados do que nunca, decidir deixar tudo para trás para viver o resto de sua vida em um mosteiro é muito contra-cultural.

Mas as sementes desta escolha radical foram plantadas na infância de David Valls.

Ele nasceu em uma família católica na cidade de Barcelona, praticamente à sombra de Montserrat, e foi criado na fé. Porém, se afastou da religião. “Eu vivi com várias mulheres, e até me casei fora da Igreja com uma delas por cinco anos, mas eu era uma egoísta absoluto. O sinal mais extremo desse egoísmo foi pensar que dizer às minhas amantes que eu não queria filhos era um sinal de sinceridade…Eu era um alto executivo agressivo e gostava de dinheiro. Eu vivi uma vida de luxo”, confessou.

Hoje, ele não se orgulha da vida que viveu. Uma vida focada inteiramente em satisfazer os apetites egoístas não é apenas insatisfatória; é tóxica para quem vive e para todos que estão ao seu redor. “Quando você vê que as pessoas ao seu redor não estão felizes e que você machucou as pessoas, não há outra opção senão parar”, diz ele.

O processo de sua conversão espiritual e a descoberta de sua vocação inspiraram Valls a abandonar seu emprego em Madri e entrar para o mosteiro de Montserrat para ingressar no postulanato e, mais tarde, no noviciado. Serão dez anos de purificação, oração e discernimento. Mas no domingo de Pentecostes, ele fez seus votos e assumiu seu novo nome na vida religiosa: Paulo. Ele está comprometido em viver como um monge até a morte. “Isso é tudo que eu quero; isso me faz muito feliz”, concluiu.


LIBBY OSGOOD

Leia também:
Da Nasa para o convento

Tags:
ConversãoFelicidadeVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia