Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Um celular esculpido na parede desta catedral? Por quê?

CALAHORRA
Matyas Rehak - Shutterstock
Compartilhar

Excentricidade desnecessária para alguns, atrativo turístico para outros…

Muitas igrejas no mundo têm figuras curiosas esculpidas em suas paredes: de astronauta a até o Darth Vader. Mas na Catedral de Calahorra, na Espanha, foi um celular que ganhou destaque na parede. 

Claro que todas as figuras não foram colocadas nas igrejas por acaso. Todas têm uma razão. 

O templo, com três naves, começou a ser construído em 1484 e foi erguido sobre o lugar de martírio dos patronos da cidade: Sao Emetério e São Celodônio. Como a construção levou mais de 200 anos, vários estilos podem ser apreciados em sua arquitetura: do barroco ao neoclássico. 

Nos anos 1990, entretanto, a porta desta catedral precisava de uma restauração urgente, porque a pedra da parte de baixo já estava deteriorada pelo processo de arenização. 

Para que a restauração, não foi planejado nada de extravagante e nenhuma empresa de telefonia foi a patrocinadora. Simplesmente quiseram criar em pedra talhada os motivos decorativos que estavam lá antes. No entanto, como o material era bastante similar ao original, a ideia era criar um “marca-data” para indicar aos visitantes e fiéis que se tratava de uma restauração. 

“Foi uma ocorrência da pedreira”, diz Ángel Ortega, arquivista da catedral. “A explicação que deram foi que em Salamanca colocaram um astronauta com a mesma autoridade, por que não poderiam colocar um instrumento que utilizamos toda hora?”. 

E foi assim que o telefone celular (um dos modelos mais populares e antigos da marca Nokia) foi esculpido na parede com o ano 1996.

CALAHORRA
Amajaiak - Blogspot

 

No entanto, há quem acredite que o restaurador quis colocar sua marca pessoal no trabalho, afetando a obra original. Alguns historiadores e defensores da arte asseguram que, por mais que o material se pareça – que é a justificativa mais utilizada – pode-se apreciar a diferença e não há necessidade de colocar um elemento estrambólico, principalmente quando se tenta justamente conservar algo histórico, não inovar. 

Mas, para outros, essas figuras curiosas atraem as pessoas e são um atrativo turístico. 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.