Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 18 Setembro |
São José de Cupertino
home iconAtualidade
line break icon

Chanceler francês denuncia ‘degradação humanitária acelerada’ na Venezuela

VENEZUELA

@GuardianCatolic

Agências de Notícias - publicado em 28/07/19 - atualizado em 28/07/19

A França, ao lado de mais de 50 países, reconheceu há seis meses a Guaidó como "presidente interino da Venezuela"

O ministro de Assuntos Exteriores francês, Jean-Yves Le Drian, denunciou a “degradação acelerada” da situação humanitária na Venezuela e reiterou o apoio de seu país ao líder da oposição Juan Guaidó, ao iniciar nesta quinta-feira uma viagem pela América do Sul, que será encerrada no Brasil.

A França, ao lado de mais de 50 países, reconheceu há seis meses a Guaidó como “presidente interino da Venezuela”, com o objetivo de encerrar o governo liderado por Nicolás Maduro.

“Abordamos a crise na Venezuela e temos expressado nossa profunda preocupação diante da acelerada degradação da situação humanitária e as graves violações aos direitos humanos perpetrados pelo regime de Maduro”, disse o ministro num encontro com a imprensa no Ministério das Relações Exteriores chileno, no qual ele não aceitou responder perguntas.

Le Drian felicitou o Grupo de Lima, que na terça-feira clamou à comunidade internacional para fazer um “grande esforço” para que a Venezuela celebre eleições em breve e comece a superar uma profunda crise política, econômica e social que provocou a migração de cerca de quatro milhões de venezuelanos desde 2015, segundo dados da ONU.

Na mesma linha, o funcionário enfatizou que seu país “apoia os esforços da Noruega para que as discussões entre os partidos possam abrir caminho para uma transição pacífica e negociada, visando liberar as eleições presidenciais”.

Em seu primeiro dia de visita no Chile, o diplomata francês reuniu-se com Sebastián Piñera para refinar detalhes sobre a participação do presidente na Cúpula do G7, que será em agosto na França.

Le Drian também destacou o interesse da França na Cúpula de Mudança Climática (COP25) que será realizada no Chile em dezembro.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
7
tentativa suicídio depoimento
Reportagem local
EM IMAGENS: A cara da depressão profunda e do suicídio é não ter ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia