Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O que você diria aos seus filhos se soubesse que você está prestes a morrer?

PARENTING
Shutterstock | fizkes
Compartilhar

Fale agora; talvez você não terá tempo depois

Em nossa imaginação coletiva, todos temos uma imagem típica de como são os últimos momentos da vida de uma pessoa. A arte, ao longo da história, nos ajudou a visualizar os momentos antes de as pessoas deixarem este mundo, e isso nos ajuda a imaginar como seria nossa própria morte – se, se Deus quiser, não será uma morte repentina; teremos tempo para conversar com nossa família sobre isso.

Mensagens de amor

Algumas das vítimas dos ataques do 11 de setembro tiveram tempo de telefonar para seus entes queridos. Eles estavam cientes da situação e sabiam que a morte era iminente. Durante esses últimos minutos ou segundos, eles queriam falar algumas palavras verdadeiramente significativas para seus entes queridos. Todos eles transmitiram a mesma coisa: mensagens de amor.

Você já pensou no que gostaria de dizer aos seus filhos antes de morrer? Certamente você os abraçaria e beijaria, e daria a cada um deles uma mensagem especial para ajudá-los a ficarem mais bem preparados para a vida.

Não espere mais

Não espere até o último momento para contar aos seus filhos o que realmente importa para você, o que também pode ser muito importante para eles. O que você quer dizer no seu leito de morte, diga a eles hoje à noite, antes de irem para a cama, pela manhã antes de irem para a escola ou quando você estiver com eles no carro. Não importa onde ou quando; o importante é não deixar o tempo passar e não deixar o constrangimento atrapalhar o que está em seu coração, mesmo que pareça exagerado ou dramático. Não há garantia de que algum de nós tenha tempo, presença ou clareza de espírito para dizer isso mais tarde.

Podemos ajudar a autoestima de nossos filhos e ensinar-lhes lições importantes agora, compartilhando esses sentimentos e mensagens com eles: “Eu sempre te amei, mais do que qualquer coisa ou qualquer outra pessoa no mundo”, “você é o que mais importa para mim“, “agradeço a Deus por ter você como meu filho”, “não importa o que aconteça, eu nunca vou deixar de te amar …”

Sua vida diária vai mudar

Pensar nas suas últimas palavras pode ajudá-lo a refletir sobre sua própria vida e também a orientar a maneira como você cria seus filhos em direção a um horizonte que vai além das pequenas batalhas diárias que todos enfrentamos. As lutas diárias ainda estarão lá, mas podemos dar-lhes um significado mais profundo, porque lembramos que esta vida é passageira, e o que mais importa é como nos amamos (nossa família, amigos, estranhos e até nossos inimigos) e como Deus nos amou.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.