Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Pe. Zezinho: “A Igreja Católica raramente dá marcha à ré”

Compartilhar

"Tradição é preservar o passado, mas, mesmo assim, avançando"

O pe. Zezinho publicou em sua página no Facebook o seguinte comentário sobre a Igreja na sua relação com o passado e as transformações históricas:

Tradição é preservar o passado, mas, mesmo assim, avançando. Rios sempre avançam, por mais que alguns sujeitos insatisfeitos com o seu curso achem que seja possível fazer um rio retroceder!

Criar barreiras não faz um rio voltar atrás. Barreiras o elevam e lhe dão mais força, mas rios não regridem.

Quem sonha com uma Igreja Católica que volte aos anos 1950 não entendeu o que é ser católico. Conservaremos o que foi bom no passado; cultivaremos o que é bom hoje e lutaremos para que tudo seja melhor no futuro!

Cremos no Espírito Santo que Jesus enviou aos discípulos para que continuassem a conjugar o verbo “ir”. O verbo era IR EM FRENTE.

Foram para o mundo inteiro e não voltaram mais ao cenáculo ou para o esconderijo daqueles dias.

A ordem foi prosseguir sem medo de ameaças ou críticas. E nós somos descentes espirituais daqueles discípulos. Eles não retrocederam!

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.